05/08/2018

Envolvido na morte de frentista oferta dinheiro a PM para não ser preso


Após denúncia, Sílvio Portela Mendes, 34 anos, mais conhecido “Sirley”, foi preso por volta das 04h30 deste sábado (04/08), em uma churrascaria localizada no Bairro Piauí, em Parnaíba. Ele foi preso por uma guarnição da Polícia Militar, comandada pelo sargento Farlon Machado, tendo como patrulheiros o cabo Sobrinho e soldado Santos, que se utilizaram de um mandado de prisão preventiva.


Sílvio Portela Mendes estava foragido e é um dos acusados de participação no latrocínio contra o frentista Francisco José Rodrigues, 41 anos, morto a tiros na tarde de quarta-feira (16/03/2016), dentro de uma loja no centro de Parnaíba. Segundo sargento Farlon Machado, o acusado informou que estava há dois anos, após o crime, escondido em Teresina e tinha ciência do mandado em seu desfavor.


Ainda segundo o Farlon três dos cinco acusados tiveram penas acima de 30 anos de reclusão, e no momento da prisão Sílvio oferecer R$ 15.000,00 aos policiais para ser liberado. Mesmo diante da tentava de suborno e de da prisão, os presentes não fizeram alarde e “Sirley” foi conduzido para a Central de Flagrantes. na oportunidade Sílvio Portela Mendes disse que ainda falta seu cunhado, identificado como Sérgio, ser preso.

Fonte: Portal CN/Por Daniel Santos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Racing