10/05/2018

60 % dos acidentes de trânsito são provocados pelo uso do celular

Imagem: ilustrativa/Web 

Um estudo realizado pela seguradora alemã Allianz (AZT) mostrou que 60% dos motoristas que sofreram acidente nos últimos três anos afirmaram que estavam usando o telefone celular enquanto dirigiam. Os destaques do estudo fazem uma correlação entre os altos índices de acidentes e o uso de dispositivos de informação, comunicação e entretenimento disponíveis, como o GPS, streaming de música e leitura de mensagens de apps.


O novo estudo do Centro de tecnologia da seguradora chegou a uma drástica conclusão: o uso indiscriminado de smartphones e outras tecnologias é a nova “embriaguez” ao volante. A pesquisa aponta que a grande distração do motorista causada por esse tipo de comportamento eleva o risco de ocorrência de acidente grave a patamares equivalentes aos de dirigir um veículo completamente bêbado.

Essa é uma realidade vivida em Teresina e em todo o resto do país. Para a educadora de trânsito, Samyra Motta, a situação do trânsito nacional passou a ficar cada dia mais caótica em função da falta de cumprimento da lei que proíbe o uso e manuseio do aparelho celular.

“Infelizmente, a maioria dos condutores usa celular. E a situação se agrava quando esses pegam seus celulares para digitarem mensagens. Se o fato de ele conversar já tira a atenção, imagine enviar mensagens. Me refiro a motoristas e motociclistas, que de maneira igual utilizam os celulares tanto para chamadas quanto para mensagens em aplicativos”, relata Samyra.

Sobre o levantamento feito pela seguradora, a educadora acredita que esse número de acidentes causados por uso de celulares enquanto conduz um veículo possa ser ainda maior, tendo em vista que só é possível afirmar a real causa quando a própria pessoa envolvida relata, ou quando alguém flagra a pessoa se utilizando do aparelho.

“Sabemos que o celular distrai bastante a pessoa, isso no momento de dirigir ou pilotar em trânsito se torna um grande risco. Como também não podemos esquecer que os pedestres são os que mais se arriscam quando se distraem no trânsito quando dão total atenção ao seu smartphone. São também muito vulneráveis”, ressalta Samyra Motta.

A educadora Samyra lembra que, embora haja uma lei que dispõe sobre o uso e manuseio de celulares em trânsito, ainda assim o índice de uso do aparelho no trânsito é alto. Ela orienta que se a pessoa vai atender uma chamada do aparelho, ela deve estacionar o carro em local adequado para assim fazer uso do celular. Samyra reitera que receber chamadas com o dispositivo bluetooth do rádio, também é um erro, pois tira a atenção do motorista e pode provocar acidentes.

Vale lembrar que as penalidades para quem utiliza fone de ouvido enquanto dirige é de multa no valor de R$ 130,16, já para aqueles que fazem o uso ou manuseiam do aparelho celular a infração é gravíssima e sujeito à multa de R$ 293,47.

Fonte: Portal Meio Norte 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Racing