15/11/2022

Relatório preliminar do PL pede invalidação dos resultados de parte das urnas eletrônicas

FOTO: VINÍCIUS SCHMIDT/METRÓPOLES

Valdemar Costa Neto, presidente do PL, partido de Bolsonaro, enviou uma mensagem nesta terça-feira (15/11) a deputados do partido afirmando que a fiscalização do sistema eleitoral encomendada pela legenda ainda não foi concluída e não há, portanto, documento conclusivo sobre o trabalho.

Encomendado ao Instituto Voto Legal, o trabalho foi contratado pelo PL para atender a uma demanda de Bolsonaro sobre a necessidade de fiscalizar as urnas eletrônicas e a possibilidade de fraude.

Na mensagem, Valdemar Costa Neto faz menção a uma reportagem do site Antagonista, publicada nesta terça-feira. Segundo o texto, o PL pedirá a anulação das eleições, e cita um documento produzido pelo Instituto Voto Legal que aponta mau funcionamento de urnas fabricadas em 2009, 2010, 2011, 2013 e 2015.

Valdemar não desmente a informação do site sobre a anulação das eleições, mas diz que o documento publicado estaria “obsoleto” e “estudos” estariam em andamento.

Escreveu Valdemar:

“O trabalho de fiscalização do PL termina em dezembro, está em andamento. Ainda não foi divulgada qualquer versão final de relatório, temos estudos em andamento. A versão publicada pelo Antagonista é obsoleta e não está assinada por ninguém”.

Fonte: Com informações do Metrópoles

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Racing