23/09/2022

Governo Federal provoca prejuízo milionário aos criminosos com operação policial de combate ao crime organizado no Nordeste


A ação ocorreu durante um mês nos nove estados da região Nordeste. Mais de mil pessoas foram presas, além de apreensões de veículos e armas. De 2019 a 2021, o Governo Federal já investiu R$ 1,9 bilhão em Segurança Pública no País

Não te contaram que a repressão ao crime organizado aumentou nos últimos anos, trazendo prejuízo aos criminosos e mais segurança para a população?

Com coordenação do Ministério da Justiça e Segurança Pública, a segunda edição da Operação Cangalha, de combate ao crime organizado no Nordeste, gerou prejuízo estimado aos criminosos de R$ 7,1 milhões. O trabalho, em conjunto com as forças federais e estaduais, ocorreu entre os dias 15 de agosto a 14 de setembro, nos nove estados da região.

A Operação resultou, ainda, na prisão de 1.187 pessoas ligadas às organizações criminosas, além da apreensão de 100 veículos e 249 armas. Também foram cumpridos de 880 mandados judiciais e realizados trabalhos de erradicação de plantações de maconha, com a destruição de 271,2 mil pés da planta.

Desde 2019, o Governo Federal vem reforçando sua repressão ao crime organizado, aumentando os investimentos e a atuação policial. Nos últimos três anos, foram apreendidas cerca de 2,3 mil toneladas de maconha e 166 toneladas de cocaína. A média anual de mortes violentas entre, 2019 e 2021, também caiu 20% em comparação aos anos anteriores. Os resultados são frutos dos 1,9 bilhões investidos na Segurança Pública até o fim de 2021.

Coordenação-Geral de Relacionamento
Subsecretaria de Imprensa / SECOM

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Translate

Anuncio google

Racing