10/06/2022

Família enterra corpo de idoso vítima de Covid em cova rasa no quintal de casa no interior do Piauí

A Polícia Civil apurava as circunstâncias do caso, que tinha suspeita de ser um crime.

Suposta cova com corpo de homem encontrada em fazenda na zona rural de Campo Maior, no Piauí — Foto: Reprodução

A Polícia Civil do Piauí apura as circunstâncias em que um idoso foi enterrado após morrer vítima de Covid-19 na zona rural da cidade de Campo Maior, distante 84 km de Teresina. O dono do terreno acionou na tarde de quinta-feira (9) a polícia após encontrar uma cova dentro da sua propriedade particular.

Ao chegar no local, a polícia civil constatou a presença da cova cavada de forma irregular com o corpo de um homem enterrado. Inicialmente, havia a suspeita de homicídio, descartada após análise do atestado de óbito.

Segundo o delegado que está investigando as circunstâncias do caso, Filipe Bonavides, a família não estava no local para prestar esclarecimentos sobre a morte, que aparentemente aconteceu há alguns meses. O delegado informou também que o caso não é considerado um crime.

“No interior é uma prática comum, a gente sabe que acontece demais. Estamos evoluindo na apuração e se trata de uma morte por Covid, há um registro médico atestando o falecimento e a sua causa”, esclareceu o delegado.

O corpo ainda permanece no local, e a exumação realizada pelo Instituto Médico Legal (IML) só acontecerá após autorização judicial, informou o delegado.

A prática, embora comum, não é permitida, em especial em casos de doenças contagiosas como Covid. Nestes casos, velório e sepultamentos precisam seguir protocolos de segurança. (Veja orientações ao fim deste reportagem)

"Descartada a hipótese de crime, as autoridades sanitárias serão notificadas para procederem à adequação dos procedimentos para sepultamento apropriado do cadáver, sobretudo por se tratar de morte causada pela Covid-19, em que existem protocolos próprios", informou o delegado.

Protocolo sanitário para enterro de vítimas de Covid-19

Coveiros usam equipamento de proteção durante enterro de vítima da Covid-19. — Foto: Jorge Hely/Framephoto/Estadão Conteúdo

Os enterros das vítimas da Covid-19 seguem as normas da Vigilância Sanitária. No máximo dez pessoas podem acompanhar, desde que mantenham distância entre elas. O caixão tem que permanecer lacrado. Não pode haver velório. Não é permitida a presença de idosos, crianças, grávidas, pessoas com doenças crônicas.

Os coveiros precisam se equipar com máscara cirúrgica, protetor facial, luvas de procedimento, botas impermeáveis de cano longo e avental descartável.

Fonte: G1 PI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Translate

Anuncio google

Racing