28/01/2022

Organização do Rally Cerapió lamenta morte de piloto de moto durante o evento

Daniel dos Santos, piloto de motocross, foi achado morto no Ceará no fim da tarde dessa quinta (27).

Piloto de motocross Daniel Santos, 36 anos, da cidade de Nova Venecia (ES) desapareceu durante Rally Cerapió — Foto: Divulgação/ Cerapió

A organização do Rally Cerapió 2022 divulgou nota na noite dessa quinta-feira (27) lamentando o falecimento do piloto de motocross Daniel Santos, de 36 anos.

Daniel foi encontrado morto no início da noite desta quinta-feira (27). Ele desapareceu na quarta-feira, (26) durante um trecho do percurso do evento, entre os estados do Piauí e Ceará.

O Corpo de Bombeiro confirmou que o corpo de Daniel foi encontrado em uma localidade da cidade de Granja, no Ceará. Segundo a organização do evento, ainda não se sabe qual a causa da morte. Daniel foi achado deitado ao lado da moto, que estava em pé. Não havia sinais de acidente ou violência.

Devido ao desaparecimento de Daniel, a organização do rally cancelou a última etapa do evento, que seria realizada entre Parnaíba, litoral do Piauí, e Barreirinhas, no Maranhão, nesta sexta-feira (28).

As buscas iniciaram às 23h de quarta e foram feitas pelas equipes de resgate da prova e o Corpo de Bombeiros do Piauí e do Ceará. Elas aconteciam na região das cidades de Viçosa do Ceará e Cocal, no Piauí, nas localidades Buíra, Juá dos Vieiras, Padre Vieira e Brejinho.

Piloto de moto desaparece durante Rally Cerapió; bombeiros e policiais fazem buscas entre o Piauí e o Ceará — Foto: Divulgação

Para a modalidade motos, o Rally Cerapió é uma competição de enduro de regularidade, na qual o piloto realiza um trajeto de um ponto a outro, em um percurso previamente levantado pela organização e informado ao competidor através de uma planilha.

Geralmente, esse tipo de prova tem duração entre seis e dez horas. Ao terminar a etapa, o participante entrega seu GPS para a apuração. É através desse sistema que é verificado o percurso feito pelo piloto e definido o vencedor de acordo com a regularidade estabelecida pela planilha.

"Como há situações de quebra de equipamento, quedas, entre outras ocorrências, é comum os competidores aguardarem os processos de resgate e demorarem para voltar para o local da chegada", explicou o evento através de nota. Confira a nota ao fim da reportagem.

A operação contou com o apoio da Secretaria de Segurança do Estado do Ceará, que enviou bombeiros, policiais militares e civis, Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer) e canil para auxiliar nas buscas, além das comunidades locais envolvidas que se solidarizaram com a situação.

A organização informou que presta atendimento em tempo integral à família do piloto.

Fonte: G1 PI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Translate

Anuncio google

Racing