23/03/2021

Kassio finaliza análise, e suposta parcialidade de Moro pode ser votada nesta terça-feira no Supremo

O julgamento teve início em dezembro de 2018 com os votos dos ministros Edson Fachin e Cármen Lúcia contra a declaração de suspeição de Moro

 Foto: Fellipe Sampaio/SCO/STF

O ministro Kassio Nunes Marques devolveu o pedido de vista no julgamento que discute a parcialidade do ex-juiz Sergio Moro nos processos do ex-presidente Lula (PT) e o caso deve ser analisado nesta terça-feira (23).

O julgamento teve início em dezembro de 2018 com os votos dos ministros Edson Fachin e Cármen Lúcia contra a declaração de suspeição de Moro. Na ocasião, o ministro Gilmar Mendes pediu mais tempo para estudar o caso e interrompeu a análise do tema.

Depois de Fachin anular todas as condenações de Lula no início deste mês, Gilmar retomou o julgamento da matéria com voto contra Moro. O ministro Ricardo Lewandowski o acompanhou. O voto de Kassio Nunes Marques será decisivo.

MATHEUS TEIXEIRA - BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Translate

Anuncio google

Racing