03/03/2021

Donos e funcionários de bares e restaurantes fazem protesto contra medidas restritivas em Teresina

Grupo de empresários e funcionários do setor de bares e restaurantes bloqueou o trânsito da Avenida Marechal Castelo Branco e estendeu faixas diante da Alepi para pedir que não haja ‘lockdown’.

Empresários do setor de entretenimento protestam contra decretos e restrições

Um grupo de empresários e funcionários do setor de bares e restaurantes realizou um protesto na manhã desta quarta-feira (3), contra as medidas restritivas impostas pelo Governo do Estado para evitar a disseminação do coronavírus em Teresina.

O protesto começou diante da Assembleia Legislativa, onde o grupo bloqueou uma das vias a Avenida Marechal Castelo Branco e estendeu faixas. Em seguida, seguiram em passeata pela Avenida Frei Serafim em direção ao Palácio de Karnak, sede do governo estadual.

Donos e funcionários de bares e restaurante fazem protesto contra medidas restritivas em Teresina — Foto: Abrasel/ Divulgação

Segundo a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), o grupo pede que sejam feitos investimentos para que haja mais leitos nos hospitais e vacinação em massa, para que o setor possa voltar a operar se instabilidade.

Donos e funcionários de bares e restaurante fazem protesto contra medidas restritivas em Teresina — Foto: Abrasel/ Divulgação

Segundo a Abrasel, os fins de semana concentram até 75% do faturamento dos bares e restaurantes, e que, por conta do último final de semana, em que o setor foi proibido de operar, alguns restaurantes da capital tiveram que demitir funcionários.

Donos e funcionários de bares e restaurante fazem protesto contra medidas restritivas em Teresina — Foto: Abrasel/ Divulgação

Decreto do Governo do Piauí
O novo decreto do Governo do Piauí, com medidas para restringir a circulação de pessoas e evitar a disseminação do coronavírus, foi publicado no dia 23 de fevereiro e tem validade até esta quinta-feira (4). O decreto impôs o toque de recolher, que vedou circulação de pessoas em espaços e vias públicas, ou privadas equiparadas a vias públicas, entre as 23h e as 5h.

Além disso, as atividades não consideradas essenciais foram suspensas no fim de semana de 27 e 28 de fevereiro. Nesse período, os bares e restaurantes só puderam funcionar em serviços de alimentação e bebidas somente na modalidade Delivery.

Fonte: G1 PI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Translate

Anuncio google

Racing