26/01/2021

Prédio da Fecomércio vai abrigar comunidade de startups


Uma parceria entre a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Piauí, a empresa TRON e comunidade de startups de Parnaíba vai proporcionar a instalação da sede do Carnaúba Valley no prédio da Fecomércio, em Parnaíba.

A reunião para instalação da comunidade de startups, tecnologia e empreendedorismo, no prédio da Fecomércio, aconteceu no último sábado (23), no edifício Gerardo Cavalcante, com a presença do presidente do Sistema Fecomércio Sesc Senac no Piauí, Valdeci Cavalcante, e o sócio fundador da TRON, Gildásio Lima.

Eles discutiram sobre o lançamento de um espaço que fomentará o desenvolvimento socioeconômico da região, ao permitir que os jovens parnaibanos desenvolvam suas ideias na área de tecnologias aplicadas.


O ecossistema empreendedor vai funcionar nas salas do edifício Gerardo Cavalcante, em Parnaíba, e contará com áreas comuns modelo coworking. O projeto conta com apoiadores como Fecomércio Piauí, TRON, The Hub, UFDPar e Apple. A expectativa é que o espaço seja inaugurado nos próximos meses.

Parnaíba tem se destacado no desenvolvimento de negócios na economia criativa. De acordo Valdeci Cavalcante muitos projetos sairão do Piauí para o mundo, a exemplo da TRON e que jovens precisam de apoio e incentivo para seguir com projetos inovadores.

O professor Gildásio Lima acredita que em poucos anos a instalação de polos de serviços poderá ser uma das fontes de renda diferenciais e alternativas par ao Norte do Piauí, pois os negócios de base tecnológica crescem muito rapidamente.

O espaço deverá ser inaugurado nos próximos meses. O ecossistema empreendedor da região de Parnaíba, foi batizado de Carnaúba Valley, seguindo o exemplo de demais estados do Brasil e, do mais famoso, o Vale do Silício nos Estados Unidos. Esse ecossistema tem como principal mentor, o professor Rodrigo Baluz.


De acordo com Rodrigo, muitos jovens ao ingressarem no campo de trabalho, deixavam Parnaíba atraídos pelos incentivos dos grandes centros e com ações como essas, todo esse potencial ficará contido para desenvolvimento regional, dando qualidade aos negócios e ao comércio local.

Projeto Lici
Na oportunidade, foi apresentado o projeto LICI, startup de jovens parnaibanos que irá fazer parte do espaço. Por se tratar de um negócio que envolve clientes e comerciantes, a startup promete revolucionar a forma como as pessoas compram do comércio varejista local, com uso de um aplicativo e internet, sendo uma ótima alternativa para estabilizar o comércio pós pandemia. A solução recebeu o apoio da Federação do Comércio do Piauí.

Assessoria de Comunicação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Translate

Anuncio google

Racing