18/07/2020

Suspeitos de se passarem por funcionários públicos para conseguir empréstimo consignado são presos pela Polícia Federal

Para receber os valores indevidos, eles se passavam por servidores públicos, utilizando-se de documentos públicos e particulares falsos e contracheques do Governo do Piauí.

Agência da Caixa Econômica Federal em Teresina — Foto: Simplício Júnior/ TV Clube

A Polícia Federal prendeu na manhã desta sexta-feira (17) dois suspeitos de praticar fraudes de empréstimos consignados em Teresina. Os crimes eram praticados em agências bancárias da Caixa Econômica Federal.

A PF cumpriu dois mandados de prisão preventiva e dois mandados de busca e apreensão. Uma terceira pessoa foi presa em flagrante por estelionato e uso de documento falso.

Segundo a polícia, os suspeitos se associaram para obter dinheiro a partir de empréstimos consignados concedidos por meio de fraude. Para o recebimento dos valores, eles utilizavam documentos públicos e particulares falsos e contracheques do Governo do Piauí, passando-se por servidores públicos estaduais.

Além disso, conforme a PF, os mesmos investigados induziam pessoas para a prática do estelionato, entregavam documentos falsos e as orientavam sobre os procedimentos a adotar para a obtenção de empréstimo indevido, onde assumiam a identidade de servidores estaduais. Em compensação, elas recebiam parte do valor obtido com o empréstimo consignado fraudado.

O inquérito policial tem como objetivo investigar a prática dos crimes de associação criminosa, falsificação de documento público, falsificação de documento particular e estelionato.

Fonte: G1 PI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Racing