04/07/2020

PI: casal diagnosticado com Covid-19 comemora bodas de esmeralda em hospital: 'Iremos vencer juntos'

Teresinha teve que ser internada na última terça-feira (30). Dias depois, o marido foi para o mesmo hospital. A ideia da comemoração partiu do genro do casal que organizou a surpresa com a ajuda da equipe de enfermagem do hospital.


José Borges e Teresinha Ferreira durante a comemoração na tarde dessa sexta-feira (3) — Foto: Divulgação /Ascom Unimed

José Borges, de 64 anos, teve que passar alguns dias separado de sua esposa Teresinha Ferreira, de 65 anos. Após serem diagnosticados com a Covid-19, os dois foram internados em um hospital particular de Teresina e ficaram em quartos diferentes. Mas nem a doença causada pelo coronavírus conseguiu impedir a comemoração de bodas de esmeralda do casal que aconteceu na tarde dessa sexta-feira (3).

Teresinha foi a primeira receber o diagnóstico. Ela deu entrada no hospital na última segunda-feira (29) e foi internada na terça (30). Na quinta-feira (2), o marido também teve que ser hospitalizado em decorrência da Covid-19. Ele estava em outro hospital, porque havia passado por um procedimento cirúrgico no coração por causa de um infarto que sofreu recentemente.

Segundo a coordenadora dos postos de enfermagem da rede hospitalar, Karinny Brito, mesmo com a insistência dos dois, o casal não conseguiu ficar junto.

“Ela recebeu o diagnóstico primeiro e teve que ser internada. Três dias depois, ele apresentou os sintomas e também teve que ser hospitalizado. Só que no momento, quando ele deu entrada, nós não tínhamos a vaga para deixarmos os dois juntos. [...] Nós conversamos com ele e, muito emocionado, perguntou se poderia ficar junto da esposa, porque estava com três dias que não a via e disse que era a primeira vez, em 40 anos, que os dois não dormiam juntos”, afirmou.

A iniciativa da comemoração de bodas de esmeraldas de José e Teresinha partiu do genro do casal. Ele procurou a equipe de enfermagem do hospital e ajudou a organizar a surpresa. Teresinha mudou de apartamento e recebeu o marido que entrou no quarto com uma placa escrito ‘Te amo. Iremos vencer juntos’.

“Nós mudamos ela de apartamento e foi quando preparamos a surpresa, colocamos o bolo, os balões e Teresinha percebeu que o marido vinha. Ele entrou com uma plaquinha dizendo que amava ela e foi muito emocionante. Os dois passaram mais de trinta minutos se olhando, choravam muito e a gente permitiu o abraço. Nós quebramos o protocolo do isolamento porque era o momento deles”, contou Karinny.

O casal segue em isolamento e internado no hospital. Ainda não há previsão de alta para os dois.
Fonte: G1 PI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Racing