25/07/2018

Luciano lamenta saída de Elmano e diz que buscará apoio do senador



O pré-candidato a governador pelo PSDB, Luciano Nunes, está de olho no apoio do senador Elmano Férrer, que formalizou hoje sua desistência na disputa pelo Palácio de Karnak nas eleições de outubro. O tucano disse que vai atrás do senador e acredita que ele ficará com a oposição.


“Respeitamos as suas razões e não tenho a menor dúvida que ele estará na oposição. Seria mais um candidato para desnudar o governo”, declarou durante entrevista ao Jornal do Piauí, da TV Cidade Verde.

“Tentei ligar e não consegui falar com ele (Elmano). Vou procurar falar com ele o mais rápido possível”, acrescentou Luciano.

Para o tucano, Elmano era um nome que elevaria o debate no pleito eleitoral. “Lamentamos a saída do senador da disputa. Era um nome que iria elevar o nível do debate. Iria mostrar as mazelas que o estado tem. Seria mais uma opção para o piauiense na hora de escolher o seu candidato”, disse.

Wilson Martins
Luciano comentou ainda as declarações do ex-governador Wilson Martins e garantiu que ele é pré-candidato ao Senado. Ontem, na TV Cidade Verde, Martins disse que estava sendo instigado a disputar o governo.

“O ex-governador é pré-candidato ao Senado. Temos um entendimento e estamos caminhando juntos desde janeiro até hoje. Essas serão as pré-candidaturas que serão homologadas. Vamos manter a nossa chapa e decidir o vice até 3 de agosto”, afirmou.


Foto: Wilson Filho

Apoio
Além de Elmano, o PSDB está buscando apoio de inúmeros outros partidos, inclusive de integrantes da base aliada, entres eles o PTC e PRB. “Estamos mantendo diálogo com todas as forças. O PTC vive um desencontro com o governo e se resolver marchar com a oposição temos toda a condição de dialogar”, finalizou.

Hérlon Moraes
herlonmoraes@cidadeverde.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Racing