05/05/2017

Plano de ação nacional protegerá tartarugas marinhas por cinco anos

Instituto Chico Mendes aprovou, nesta quinta-feira (4), segundo ciclo de plano lançado em 2010 para proteção de cinco espécies

Plano registra importantes avanços na proteção de cinco 
espécies que ocorrem no litoral brasileiro
Divulgação/Projeto Tamar
Cinco espécies de tartarugas marinhas que habitam o litoral brasileiro vão contar, nos próximos cinco anos, com ações de proteção e conservação das espécies. O Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) aprovou, nesta quinta-feira (4), o segundo ciclo das ações de proteção das tartarugas.

Lançado em 2010, o Plano de Ação Nacional para a Conservação das Tartarugas Marinhas (PAN Tartarugas Marinhas) terá nova vigência entre 2017 e 2022. O projeto já havia registrado importantes avanços na proteção das cinco espécies encontradas no litoral brasileiro: tartaruga-verde, tartaruga-cabeçuda, tartaruga-de-pente, tartaruga-oliva e tartaruga-de-couro ou gigante.

A segunda fase do plano visa ampliar as conquistas e manter a tendência de recuperação das populações de tartarugas marinhas, por meio do aprimoramento das ações de conservação, pesquisa, fortalecimento institucional e envolvimento da sociedade.

Plano de ação
O PAN Tartarugas Marinhas estabelece ações para, entre outros, reduzir capturas incidentais e mortalidade de tartarugas marinhas nas atividades pesqueiras. Também pretende proteger as áreas prioritárias de reprodução e alimentação, reduzir os impactos da poluição e aprimorar das políticas públicas de proteção.

A coordenação do plano continua a cargo do Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Tartarugas Marinhas e da Biodiversidade Marinha do Leste (Tamar), do ICMBio.

O monitoramento será feito anualmente para revisão e ajuste das ações, com avaliação intermediária prevista para o meio da vigência do plano e avaliação final ao término do ciclo de gestão, de acordo com portaria publicada pelo instituto.

Fonte: Portal Brasil, com informações do ICMBio

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Curta