24/01/2018

Universitário é suspeito de furtar dados de empresa e comprar iPhones pela internet


A Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática prendeu, no início da manhã desta quarta-feira (24), o universitário Geannine Rafael Alves Nepomuceno, 27 anos. 

O jovem é suspeito de hackear dados de uma empresa hospitalar de Teresina e efetuar compras virtuais com o cartão de crédito do estabelecimento. 


O delegado Daniel Pires informou ao Cidadeverde.com que a compra custou R$ 4.800 e foi efetuada no site Americanas. O suspeitou furtou os dados para comprar dois IPhones 6. 

"Solicitamos informações da loja onde a compra foi feita e descobrimos os dados do cliente. Ele foi preso na casa dele, na Avenida Valter Alencar, e negou que tenha praticado o furto", disse o delegado. 

Apesar de negar o crime, segundo o delegado Daniel, Geannine é "contumaz" na prática. Em 2016 ele foi preso em uma Operação do Grupo de Combate e Repressão ao Crime Organizado (Greco) que investigava crimes virtuais. Na época o suspeito ficou apenas três dias detido. 

O delegado Daniel Ainda irá colher depoimento do suspeito e averiguar como ele descobriu os dados do cartão de crédito da empresa hospitalar. 

A polícia também cumpriu mandado de busca e apreensão na casa do suspeito e apreendeu alguns celulares e notebook. 

O suspeito está preso preventivamente e deve ser indiciado por furto.


Alta incidência 
O titular da Delegacia de Repressão aos Crimes de Internet, Daniel Pires, destaca que este tipo de furto de dados de cartões de crédito é recorrente em Teresina. 

De acordo com o delegado, pelo menos 10 casos são denunciados mensalmente na especializada.


Izabella Pimentel
redacao@cidadeverde.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Anuncio google