08/06/2018

Obra inacabada deixa idosos em situação insalubre no único abrigo de Parnaíba

Secretária de Assistência Social e Cidadania (SASC) informou que a obra será concluída ainda no final deste mês e que condições físicas e estruturais são delicadas, mas que já estão sendo resolvidas.

Idosos sofrem com descaso e falta de estrutura no único abrigo de Parnaíba

A falta de estrutura e uma reforma inacabada no Abrigo São José único abrigo de idosos de Parnaíba, litoral do Piauí, tem comprometido o bem-estar e saúde dos 17 idosos internos da instituição. Segundo relato de visitantes do local, há ainda falhas no trato com a higiene dos idosos.




De acordo com uma denunciante que preferiu não se identificar a situação na qual se encontra o abrigo é de descaso e falta de estrutura mínima aos cuidados dos idosos.

“Tinha um idoso deitado em uma cama, sem os lençóis e rodeado de xixi. Ele estava todo molhado e no chão tinha uma porção de xixi. E aquilo foi muito marcante pra mim. Eu fiquei muito triste, muito assustada. Ela tinha um curativo na orelha e parecia que não tinha sido trocado há muito tempo. E uma pessoa de lá me falou que saiam larvas da orelha dele” disse a testemunha.

a obra está orçada em mais de R$ 400 mil e foi iniciada em novembro de 2017 com prazo de 90 para ser concluída. (Foto: Reprodução/TV Clube)

Outra testemunha que visitou o abrigo recentemente relatou que haviam poucos funcionários trabalhando na instituição, e apenas uma técnica em enfermagem para cuidar de todos os idosos.

“O que eu pude observar, o que foi mais marcante, foi justamente a falta de equipe, uma equipe ideal pra atender toda a demanda ali daquele espaço, dos idosos. Existe apenas uma técnica em enfermagem, uma pessoa pra atender os idosos e fazer todos os curativos. Antigamente, existia uma abertura maior para o voluntariado. Agora com essa nova gestão está mais restrita. Chegando próximo de zero” contou a testemunha.

Direção do abrigo
A diretora do abrigo São José, Tânia Rodrigues, negou a informações da denúncia e que, segundo ela, dois enfermeiros e um técnico de enfermagem fazem revezamento dos serviços.

“Nós temos o posto que atende a todos eles, que fica próximo daqui. Parte de medicação tem, parte de alimentação tem. Temos dois enfermeiros e um técnico em enfermagem, e quando precisam de qualquer assistência, a gente leva no médico, o médico atende e é feito todo o procedimento” afirmou a diretora.

Reforma inacabada prejudica situação dos idosos do abrigo São José, em Parnaíba. (Foto: Reprodução/ TV Clube)

O local passa por uma reforma, obra de responsabilidade da Secretária Estadual de Assistência Social e Cidadania (SASC) e orçada em mais de R$ 400 mil. A coordenação do abrigo informou que a obra foi iniciada em novembro de 2017. A previsão inicial era de que a obra fosse entregue dentro de 90 dias, mas já se passaram sete meses e a obra não foi concluída. Segundo a diretora do abrigo, alguns quartos foram finalizados e a reforma está prevista para ser finalizada entre julho e agosto deste ano.

O Ministério Público do Piauí (MP-PI) instaurou um procedimento para apurar o caso e será noticiado ao Tribunal de Contas e ao Governo do Estado.

“Esses procedimentos têm prazo para acabar. Dentro do prazo do procedimento a gente quer ver se essa obra termina, quero um compromisso por parte do Estado, da Secretaria de Assistência Social, por parte da construtora para a conclusão dessa obra. E não só isso, também vou requerer à Secretaria mais funcionários. Por que segunda a diretora, os que têm não são suficientes para cuidar adequadamente dos idosos que estão ali” disse o Promotor de Justiça Cristiano Peixoto.

Secretaria de Assistência Social e Cidadania (SASC)
A Secretaria de Assistência Social e Cidadania (SASC) informou que as obras seguem o cronograma planejado, e que o local possui condições físicas e estruturais delicadas que estão sendo resolvidas. De acordo com a Sasc, no período chuvoso a obra passou por um atraso e que as famílias que estavam no local foram removidas, ficando apenas algumas que resistiram à mudança e preferiram ficar na unidade. A reforma deve ser concluída no fim deste mês, ainda conforme a Secretaria.

Fonte: G1 PI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Anuncio google