08/06/2018

Homem agride ex, é preso, solto pela justiça e mata piauiense com várias facadas


Vítima e o ex 

A piauiense Tuane Morais dos Santos foi assassinada em Samambaia Norte (DF) pelo ex-companheiro e será enterrada nesta sexta-feira (08/06) na cidade de Floriano. 


O crime, que aconteceu na última quarta-feira (06/06), causou grande revolta, pois a vítima havia denunciado Vinicius Rodrigues de Sousa após agressões, mas ele foi solto dias depois em uma audiência de custódia e matou a piauiense.

Tuane tinha 23 anos e foi agredida na frente dos dois filhos, um menino de dois anos e uma menina de quatro. Ele não aceitava o término do relacionamento.

A vítima trabalhava como operadora de caixa e foi morta a facadas no apartamento que morava. O ex-companheiro ainda tentou se matar após o crime. Tuane morreu ainda no local e Vinicius foi socorrido e internado.

Na agressão em que foi preso, Vinicius revirou a casa da vítima, quebrou móveis e bateu muito em Tuane. Mesmo com a prisão em flagrante, o juiz Aragonê Nunes Fernandes entendeu que a medida protetiva era suficiente e liberou o agressor, que logo depois cometeu o crime.


JUIZ DIZ QUE NÃO TEM BOLA DE CRISTAL
"Por não termos 'bola de cristal', não temos como prever aqueles que realmente concretizarão as ameaças que fazem. Prender a todos, indistintamente, não parece ser o melhor caminho a seguir", disse o juiz Aragonê Nunes Fernandes na segunda audiência de custódia de Vinicius, que aconteceu nesta quita-feira (07/06).


Juiz Aragonê Nunes Fernandes 

Depois que ele assassinou a piauiense, o juiz tomou uma decisão diferente, a prisão em flagrante foi convertida em preventiva, por tempo indeterminado.

Fonte: 180

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Anuncio google