29/05/2018

Procon flagra gasolina adulterada e venda ilegal de gás no PI


Foto: MP/PI

O Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (PROCON) flagrou durante operação a venda de combustível adulterado e ainda a venda ilegal de gás. Em Cocal de Telha, município a 116 km de Teresina.




Por conta do desabastecimento no interior, durante a greve dos caminhoneiros, o órgão intensificou a fiscalização nos pontos de venda. Foram fiscalizados neste fim de semana 11 postos de combustível em Campo Maior, um em Cocal de Telha e dois postos em Capitão de Campos, onde foram verificados 98 bicos e 16 aferidores de combustível, totalizando 114 instrumentos.

Na apreensão foram encontrados em uma única residência 27 botijões de gás-GLP, 17 deles cheios. Nessa mesma residência foram apreendidos ainda três galões de gasolina de 30 litros e garrafas pets com o combustível. Após um teste do percentual de etanol no combustível apreendido, constatou-se que o percentual (do possível etanol) está acima dos padrões da ANP.

Na última sexta-feira (25), o órgão de defesa dos direitos do consumidor expediu uma recomendação para que os proprietários de postos de combustíveis de todo o Piauí não aumentem os preços, com o argumento de desabastecimento.

Para denunciar qualquer irregularidade, ligue para o número (86) 3216-4550 ou por meio da Ouvidoria do MPPI no número 127.



Rayldo Pereira
rayldopereira@cidadeverde.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Anuncio google