10/05/2018

Empresário denuncia duzentas construções irregulares no litoral do Piauí


Ao apresentar a sua defesa na questão do parquinho infantil que teria sido construído na chamada linha de praia, na Pousada Bob Z, o empresário Roberto Paulo Ziegert Junior, disse sofrer perseguição pelo Serviço de Patrimônio da União (SPU). Ele denuncia que o órgão fecha os olhos para mais de 200 imóveis ilegais na praia.


Bob Ziegert afirma que no litoral do Piauí existem mais de 200 imóveis em linha de praia, mas o SPU só foca na remoção de um parquinho infantil que nem está na linha de praia, segundo laudo emitido em outubro de 2017 pela Secretaria Estadual do Meio Ambiente e encaminhado ao próprio SPU.

Ele lembra que o laudo da Semar aponta que não há desobediência à linha de praia e o SPU tem o documento técnico. O empresário afirma ainda que o parquinho está fora da linha de praia e ocupa, inclusive, uma área que era utilizada como estacionamento irregular. Ziegert lembra que o resort não sofre risco de interdição, exatamente porque cumpre a legislação.


Ele reclama que o SPU atua com dois pesos e duas medidas, sendo que há flagrantemente imóveis que estão na linha de praia e não foram questionados. “Geramos mais de 100 empregos diretos e ajudamos a desenvolver o turismo no litoral do Piauí. Respeitamos a lei. Não faz sentido essa perseguição”, afirma.

Bob Ziegert afirma que vem procurando o SPU e explicando que o resort está regular, lembrando o laudo da Semar e solicitando que, se há contestação da linha de praia, que se aguarde uma decisão judicial final. No entanto, ele afirma que em troca tem recebido multas e ameaças de demolição. “O turismo não merece isso. Queremos apenas trabalhar, gerando empregos e renda para a comunidade”, finaliza. 

Fonte: PortalAZ. 
Fotos: portalferias/cidadeverde. 
Edição: APM Notícias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Anuncio google