25/03/2018

Policiais Civis e Militares protestam e cobram reajuste salarial


A Comissão de Segurança da Assembleia Legislativa do Estado realiza audiência pública na terça-feira (27). A pauta da discussão é o Plano Estadual de Segurança Pública e as estruturas básicas e remuneratórias da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Polícia Civil e dos peritos.


As categorias que atuam na segurança cobram o apoio dos deputados estaduais na tentativa de pressionar o governo do Estado para que uma proposta de reajuste salarial possa ser apresentada. Os policiais prometem articular manifestações contra o que chamam de descaso do governo.

A audiência deveria ter ocorrido na semana passada, mas foi adiada depois que nenhum representante do governo compareceu. O vereador R. Silva (PP), que é militar, afirma que a categoria está há três anos sem aumento de salário. 

“O governador recebe todas as categorias para negociar, menos os militares. Isso demonstra falta de compromisso e respeito com a categoria. Apresentamos uma proposta salarial e não tivemos nenhum retorno do governo”, declarou.

Diante dos protestos da categoria, o secretário de Segurança Pública, Fábio Abreu, anunciou que uma proposta deve ser anunciada até o final da próxima semana. 

“Já nos reunimos com os integrantes da equipe econômica do governo e eles vão anunciar a proposta aos militares. Eu entendo que dentro da conjuntura atual vai ser uma proposta que a maioria dos nossos policiais civis e militares e bombeiros vão entender e aceitar”, destacou. 

Lídia Brito
redação@cidadeverde.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Anuncio google