19/03/2018

Polícia vai ouvir nove motoristas que aparecem em foto antes do acidente

Imagem que está sendo analisada pela Polícia

O delegado geral Riedel Batista informou agora há pouco ao Cidadeverde.com que a Polícia irá ouvir os nove motoristas que aparecem em uma foto antes do acidente na BR-343.


Ontem, uma colisão de veículos de luxo -BMW branca e um New Beetle (novo fusca) - resultou na morte de duas pessoas entre as cidades de Altos e Campo Maior. O motorista da New Beetle ficou ferido, mas não há risco de morte. 

O Instituto Médico Legal (IML) confirmou as mortes de Pedro Barbosa Carvalho Filho, passageiro do New Beetle, e José Luis de Paiva Igreja Segundo, motorista da BMW.

"Vamos coletar os áudios, vídeos que circulam na rede social e na imprensa e ouvir os nove motoristas que aparecem em uma foto antes do acidente", disse Riedel Batista.

A Polícia abriu inquérito e investiga se os motoristas estavam realizando um racha na BR. 

A informação que circula nos bastidores é que os motoristas de carros de luxo têm um clube não oficial que realizam atividades entre eles. No dia do acidente, os integrantes do clube estariam realizando um café da manhã naquela região. 

Nas imagens analisadas pela Polícia aparecem seis veículos de luxo enfileirados em uma BR. Em outra, um rapaz faz um selfie e no fundo tem oito veículos. A PRF recebeu imagens que mostram possivlemente os velocímetros dos dois veículos - um com 180 km/h e outro com 220 km/h. A PRF informou que as imagens ainda estão sendo analisadas. Na BR-343 a velocidade máxima permitida é 110 km/h. 

Imagens recebidas pela PRF

"Se for comprovado o racha, os envolvidos serão indiciados pelo crime e terão as CNHs cassadas", informou o delegado geral. 


Riedel Batista informou que irá designar um delegado especial para investigar o acidente. Possivelmente será o delegado Carlos André, da Delegacia Geral. Atualmente o delegado Andrei Alvarenga, de Campo Maior, realiza as primeiras providencias. 

"Vamos ouvir o motorista que sobreviveu e as testemunhas do acidente", informou Riedel. 

Ele esclareceu que vai trazer a investigação de Campo Maior para Teresina devido a complexidade do caso e porque o Distrito da área está com uma demanda elevada. 

Flash Yala Sena
yalasena@cidadeverde.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Anuncio google