24/03/2018

Piauí: vítima de estupro recebe áudio de agressor desdenhando do crime: "foi ótimo"


Um comerciante foi preso na manhã desta sexta-feira (23) suspeito de estuprar uma jovem de 37 anos no bairro Tabuleta, zona Sul de Teresina.


Ele foi preso dentro da Nova Ceasa quando trabalhava no box com a esposa. A delegada Vilma Alves, titular da Delegacia da Mulher, informou que depois do crime o comerciante ainda enviou um áudio para a vítima dizendo: "foi ótimo" e perguntando se ela tinha gostado. 

Vilma Alves recebeu a denúncia e efetuou a prisão por volta das 12h. Ela informou ao Cidadeverde.com que o suspeito foi até a residência da vítima, tentou beijá-la e ao ser rejeitado, ele a violentou sexualmente.

Para a delegada, o perfil da vítima é um dos exemplos claro da violência sexual.

"A vítima é uma menina pobre, negra, evangélica e mora só ela e a irmã. Ele achou que poderia usar sua força de macho e ninguém ficar sabendo do crime porque a vítima não tinha a quem recorrer, pois ele se enganou. Mexeu com uma mexeu com todas", desabafou Vilma Alves.

A delegada disse que a vítima - A.S.V, 37 anos - contou que conheceu o comerciante quando trabalhava numa loja de construção. Ela revelou que ele sempre levava frutas para as meninas do comércio.

"Ele aproveitou a relação de amizade entre os dois, foi até a casa da vítima e a pegou a força. Ela disse que resistiu, que lutou, empurrou, mas ele muito forte a obrigou a fazer sexo".

O preso é Hercules Barros Melo, de 34 anos. 

Segundo a delegada, a vítima está bastante abalada. "Ela chorou muito, é uma menina serva de Deus e que ele aproveitou da inocência dela para abusá-la. Muita crueldade. Ele se aproveitou que ela estava sozinha", disse a delegada.

Flash Yala Sena
yalasena@cidadeverde.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Anuncio google