22/02/2018

No Piauí, 99% dos que acessam internet em casa se conectam pelo celular


Dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNADC), divulgados nesta quarta-feira (20) pelo IBGE, revelam que 532 mil domicílios do Piauí possuíam acesso à internet em 2016. Isso representa 52,7% dos lares piauienses. O usuário geralmente se conectava por mais de um tipo de aparelho ao mesmo tempo, sendo o celular, o mais usado em 99,2% dos casos, seguido do microcomputador (37,6%), “tablet” (11,7%) e pela televisão (4,2%).


Os números são referentes ao quarto trimestre de 2016. O percentual de 52,7% deixou o Estado em penúltimo lugar entre todas as unidades da federação, ficando a frente apenas do Maranhão, que obteve 47,6%. No país a média chegou a 69,3%. 

Ainda de acordo com os dados, 477 mil residências do Piauí (47,3%) não possuíam acesso à internet. O alto custo do serviço foi apenas o terceiro motivo mais alegado para o não acesso à internet. Em primeiro lugar, com 30,5%, os moradores alegaram não saber usar a rede mundial de computadores, seguido da falta de interesse em se conectar.

A PNADC mostra também que somente 27,7% dos domicílios do estado, o que correspondem a 279 mil, possuíam microcomputador ou tablet, enquanto no Brasil esse número era de 48,1% em 2016. 

Televisão
Se o acesso à internet no Piauí é de pouco mais de 50% nos domicílios, já a televisão está presente em 95,5% dos lares. Destes, 53,5% possuíam somente aparelho de tubo, 33,9% somente aparelhos de tela fina, e em 8,1% haviam os dois tipos de aparelho. Apenas 4,5% dos domicílios piauienses não possuíam aparelho de televisão. 

Sinal digital e TV por assinatura
A pesquisa mostra ainda que 55,8% dos domicílios piauienses (538.000) possuíam aparelhos de televisão sem conversor para receber o sinal digital da televisão aberta. Já TV por assinatura só 12,8% dos domicílios (123.000) possuíam o serviço.

Telefone
O piauiense ainda usa muito o telefone fixo em casa. Ele está presente em 90,4% dos domicílios (912.000). Já em relação ao celular, 89,9% dos lares (907.000) possuíam acesso ao serviços. A pesquisa teve como tema “Tecnologia da Informação e Comunicação”.

Hérlon Moraes
herlonmoraes@cidadeverde.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Anuncio google