25/02/2018

Força-tarefa irá monitorar movimentação de carros-fortes no interior do Piauí

Assalto a carro-forte entre Altos e Campo Maior (foto: autoria desconhecida/divulgação)

Uma força-tarefa foi planejada para monitorar a movimentação de carros-fortes no Piauí. A Secretaria Estadual de Segurança Pública instituiu essa ação envolvendo as polícias civil e militar no Piauí. Desde a última sexta-feira (23), os veículos das empresas de segurança, especialmente aqueles que carregam grandes valores em dinheiro, passarão a ser monitorados pela polícia durante o transporte no interior do Piauí.


"Nós vamos estar em contato direto com as transportadoras de valores para monitorar por onde está sendo levado o dinheiro. As cidades, espaços e BRs mais vulneráveis a Polícia vai estar tentando prevenir esse tipo de crime", disse o delegado Lucy Keyko, coordenador interino do Greco.

Lucy Keyko ressaltou que os delegados no interior do Piauí estão sendo orientados a aumentar o nível de atenção.

A última tentativa de roubo a carro-forte na região ocorreu entre os municípios de Timon e Caxias, no Maranhão, por volta das 18h30 de quinta-feira (22). Ação de ontem reforçou a atenção da Polícia Civil do Piauí. Para a polícia, a ação pode estar ligada aos dois assaltos a carros-fortes que ocorreu no dia 19 de fevereiro deste ano no interior do Piauí. 

"Eu não vou afirmar com a absoluta certeza de que se trata do mesmo grupo, mas realmente é uma forte possibilidade que sejam integrantes desse mesmo grupo criminoso que vem agindo. Nós já mantivemos contato com o delegado Humaitan, que é regional de Timon, e estamos trocando informações para chegar mais rapidamente a autoria desses crimes, identificação dos integrantes, e que já temos suspeitas", declarou Lucy Keyko.

O delegado regional de Timon, Humaitan Oliveira, disse que a quadrilha não chegou a levar o dinheiro transportado pelo carro-forte, e que eles teriam desistido de explodir o veículo porque um dos vigilantes ficou preso nas ferragens.

"Tentaram adentrar dentro do carro virado, mas quando perceberam que havia um motorista presos às ferragens desistiram de explodir o carro-forte. Eles foram embora e não levaram nenhum valor do veículo", comentou o delegado 

Os bombeiros levaram quase duas horas para resgatar a vítima. o vigilante, identificado como Gilvani da Cruz, teve uma das pernas quebradas, mas deixou o local consciente. Outras três pessoas estavam no veículo no momento do assalto, mas não tiveram ferimentos graves.

Críticas 
O secretário de segurança do Piauí, Fábio Abreu, criticou a soltura de assaltantes do sistema penitenciário, pois a maioria acaba reincidindo nos mesmos crimes. Um dos assaltantes conhecido nesse tipo de ação pela polícia é o Leonardo Oliveira da Costa, o "Leo Gordinho", que deixou recentemente o sistema prisional piauiense, e gerou criticas por parte do secretário.



"Já são indivíduos que a gente prendeu outras vezes, que foram postos em liberdade, têm vários crimes na mesma natureza e que, quando são soltos, não temos dúvidas de que vão praticar (crimes). A exemplo disso, na semana do carnaval, tentamos de toda forma impedir a soltura de um individuo, conhecido no Estado, mas infelizmente ele foi solto na sexta de carnaval, e deve estar praticando roubo a carro-forte e a banco porque não vai parar", declarou o secretário.

Denunciar 
A polícia pede que a população também esteja atenta a qualquer atitude suspeita e a movimentações estranhas na cidade, especialmente em propriedades como sítios. As denuncias podem ser realizadas por meio dos números de telefone (86) 3216 5262 ou 181. Ou pelo aplicativo da Polícia Civil: Depre-DH. A identidade é mantida sob sigilo. 

Carlienne Carpaso
Com informações de Tiago Melo (TV Cidade Verde)
carliene@cidadeverde.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Anuncio google