02/02/2018

Botijão de gás em Parnaíba chega a R$ 84

(Crédito: Kelson Fontinele)

A Petrobras havia anunciado no último dia 19 de janeiro, que o preço do botijão do gás de cozinha cairia 5% nas refinarias de todo o país. Entretanto, em um levantamento feito pela Agência Nacional do Petróleo, mostra que essa redução ainda não chegou ao consumidor. No Piauí, a cidade de Parnaíba tem o botijão mais caro do estado custando, em média, R$ 84,00.


Em Picos e Piripiri, o preço médio do gás de cozinha é de R$ 71,50 e 81,75, respectivamente. Contudo, a pesquisa aponta Teresina com o menor valor cobrado, comparado às demais regiões. O preço médio do gás de cozinha na capital é de R$ 64,26.

“Eu chego a encontrar gás por até R$ 70,00 onde eu moro. Na minha casa são cinco pessoas, e além disso eu ainda faço bolo para vender fora e nisso meu gás acaba muito rápido. Fica muito pesado no bolso ter que comprar gás que muitas vezes nem chega ao fim do mês”, relata a dona de casa, Maria de Lourdes Silva.

De acordo com a Agência Nacional de Petróleo, as revisões feitas pela Petrobras poderão ou não se refletir no preço final ao consumidor, uma vez que a lei brasileira garante liberdade de preços no mercado de combustíveis e derivados. A partir deste ano, os reajustes de preços passam a ser trimestrais em vez de mensais, com vigência no dia 5 do início de cada trimestre.

Fonte: Portal Meio Norte

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Anuncio google