17/01/2018

Solto, suspeito de matar cabo do Bope é baleado e esfaqueado no Piauí


Flávio Willame da Silva, de 30 anos, suspeito de ser o atirador no plano de execução contra o cabo Claudemir Sousa do Bope foi baleado e esfaqueado no início da tarde desta terça-feira (16) na Vila São Francisco, zona Sul da capital. Ele deu entrada por volta das 12h30 no Hospital de Urgência de Teresina e está internado em estado grave. Flávio ganhou liberdade condicional há uma semana e foi pronunciado por homicídio, associação criminosa, receptação e adulteração de sinal identificador de veículo automotor e deve ser julgado pelo Tribnal do Júri.


O suspeito estava sentado na porta de casa quando um grupo se aproximou e efetuou vários disparos além de facadas contra Flávio. De acordo com o HUT seu estado é grave porém estável. A Polícia ainda não tem suspeitas da motivação do crime. Segundo a PM quando a viatura chegou ao local, Flávio já havia sido socorrido.

Ainda segundo o HUT, Flávio deu entrada com cinco perfurações por arma de fogo e várias por arma branca no tórax, membros superiores e cabeça. Os golpes não afetaram nenhum órgão importante e ele permanece estabilizado.

O crime
O policial foi executado com cinco tiros no dia 6 de dezembro de 2016, quando saía de uma academia no bairro Saci, na zona Sul. Na manhã do dia seguinte, cinco suspeitos já haviam sido presos, dentre eles Leonardo Ferreira Lima, suposto mandante. No apartamento dele a polícia apreendeu documentos que levaram o Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco) a suspeitar de fraude em aposentadorias junto ao INSS. No total oito suspeitos foram indiciados pelo crime.

Rayldo Pereira
rayldopereira@cidadeverde.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Anuncio google