15/01/2018

Sem carro tumba, corpo é levado ao IML em viatura após 3 horas de espera


Policiais da Delegacia de Homicídios tiveram que remover um corpo do local de crime em Teresina na própria viatura. A medida- que teve autorização da família- foi tomada de forma emergencial após cerca de 3 horas de espera pelo carro tumba. No Instituto Médico Legal (IML) de Teresina há apenas dois veículos, sendo que um está em manutenção e o outro foi deslocado para o Norte do Estado para buscar um corpo. 


A falta de veículo apropriado para o transporte do cadáver deixou populares indignados. O retorno do carro tumba para Teresina estava previsto para 19h. O corpo já exalava mau cheiro e foi colocado na carroceria da viatura pelos próprios agentes da Polícia Civil e familiares do morto. 

O delegado Marcelo Leal, que esteve no local do crime, não quis se manifestar sobre o caso e declarou apenas que a família autorizou a remoção do corpo. 


Diretor confirma que IML está com apenas um carro tumba

O diretor do Instituto Médico Legal (IML), André Biondi, confirmou que o órgão está operando apenas com um veículo, para recolher corpos em Teresina e no interior e esta foi para Castelo do Piauí (a 190 km de Teresina) recolher um corpo.

“O outro carro tumba que é mais antigo e sempre opera na Capital está na oficina e não me deram previsão de ficar pronto, pois depende de uma peça”, disse o diretor. 

Ele destacou que o veículo mais novo é usado para atender o interior.

“Entendemos que é um número insuficiente, mas sabemos que o delegado geral e o secretário de segurança não têm deixado de medir esforços para conseguir junto ao governo novos veículos”, finalizou André Biondi.

Graciane Sousa e Caroline Oliveira
redacao@cidadeverde.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Anuncio google