21/01/2018

PIAUÍ: polícia prende suspeito de matar jovem; tiros atingiram hospital


O suspeito de matar a jovem Karoline Santos Silva, 23 anos, foi preso em Timon (MA). Ele foi identificado como David Macklin Magalhães Guimarães, vulgo “Deivin”. A prisão ocorre na tarde desta sexta-feira (19). 


O crime ocorreu no dia 18 de julho de 2017 no bairro Promorar, zona Sul de Teresina. O caso também ganhou grande repercussão, pois os tiros chegaram a invadir a maternidade do Promorar – que fica em anexo com o hospital - e quase atingiu uma criança. Além de Karoline, uma pessoa foi atingida na mão. 

“Ele estava solto e foi dado o cumprimento ao mandado de prisão. Ele está envolvido na morte da Karoline, em julho do ano passado. Muitas pessoas ficaram falando que nem nas unidades de saúde se tem segurança. Inicialmente, ele foi preso pela Força Tática de Timon por porte ilegal de arma; os policiais entraram em contato conosco para saber se tinha algum mandado em aberto contra ele, pois nós temos esse intercâmbio de informações”, disse o delegado. 

O presidente da Fundação Municipal de Saúde, Sílvio Mendes, chegou a pedir compreensão aos bandidos para que respeitem os profissionais de saúde, pois o tiroteio ocorreu nas imediações do hospital-maternidade do Promorar. Um dos tiros invadiu uma das salas da maternidade. 

Na época, a Companhia Independente do Promorar informou que Karoline teria um envolvimento amoroso com um traficante da região e que isso pode ser uma das motivações do crime. Karoline passou por cirurgia, mas não resistiu; os tiros a atingiu no peito esquerdo e direito, abdômen e no braço esquerdo. 

Outra informação divulgada na época era de que Karoline já havia procurado a polícia para denunciar constantes ameaças pelo ex-namorado, que não teve o nome revelado. 

Carlienne Carpaso
carliene@cidadeverde.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Anuncio google