02/01/2018

Em 1 dia, Corpo de Bombeiros impede mais de 20 afogamentos em praias do Piauí


Um jovem identificado como Robson Alves de Sousa, 27 anos, morreu afogado no primeiro dia do ano de 2018. O afogamento aconteceu na Praia da Pedra da Sal, em Parnaíba, por volta das 16h. 

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ainda tentou salvar o jovem, mas ele não resistiu e morreu no local. Este foi o único afogamento com morte registrado nas praias piauienses neste período do Réveillon. 


Apesar do registro de morte, o major Rivelino Moura, comandante do 2º Batalhão de Bombeiros do Piauí, disse ao Cidadeverde.com que a guarnição considerou o fim de ano tranquilo no litoral. 

O comandante acredita que a intensificação das operações da guarnição foi responsável pela diminuição de mortes por afogamento.

“Este foi o ano que eu vi mais turistas no litoral piauiense. Intensificamos as operações e impedimos muitos afogamentos. Somente no primeiro dia do ano fizemos acima de 20 resgates nas praias do litoral”, conta o comandante. 

Os resgates foram realizados em toda orla piauiense, sobretudo, nas praias da Pedra do Sal, Atalaia e Coqueiro. 

“Na praia da Pedra do Sal tem uma área de muito risco e os turistas acabam ultrapassando os limites permitidos e acabam acontecendo os afogamentos”, explica o major. 

Além dos regates nas praias, o Corpo de Bombeiros combateu dois incêndio no último dia 31. Um deles foi registrado próximo à Colônia de Férias do IAPEP e outro no bairro Cantagalo, em Parnaíba, em uma área localizada perto do aeroporto. Não houve feridos nas ocorrências.

(Izabella Pimentel)
(EDIÇÃO:BERNARDO SILVA)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Anuncio google