30/12/2017

Empresário fica preso às ferragens em grave acidente com ônibus e carro

Divulgação

O Hospital de Urgência de Teresina (HUT) informou ao Cidadeverde.com que o empresário Luciano Neves de Holanda Barroso, de 25 anos, teve traumatismo craniano e está em estado grave. O veículo do empresário colidiu com um ônibus na manhã desta sexta-feira (29) no cruzamento da rua Irapuã Rocha e avenida Jockey Clube, na zona Leste de Teresina.


O empresário está sedado e entubado. O hospital informou que o paciente está sendo avaliado por vários especialistas e aguardam estabilizar seu quadro clínico. 

O hospital informou que o paciente deu entrada às 7h47. 

O empresário Luciano Neves de Holanda Barroso, de 25 anos, ficou ferido durante acidente entre um ônibus e carro de passeio na manhã desta sexta-feira (29) no cruzamento da rua Irapuã Rocha e avenida Jockey Clube, na zona Leste de Teresina. 

Luciano, que também é estudante universitário e sócio-proprietário do Arabin Grill, estava dirigindo um Fox que colidiu com o ônibus por volta das 6h30.


Os veículos ficaram destruídos. O ônibus chegou a colidir em um poste de iluminação pública. 

A suspeita é de que Luciano Neves teria invadido o sinal vermelho. Com a colisão, a parte frontal do ônibus ficou muito danificada e a lateral/frontal do FOX destruída. 

O motorista Luciano Neves ficou preso às ferragens, foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e levado para o Hospital de Urgência de Teresina. O HUT informou que a vítima está sedado e entubado, que o estado de saúde é considerado gravissimo. 


O condutor do Fox assim que retirado do veículo precisou ser imediatamente entubado pela equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). 

O cabo Jefferson Borges, da CIPtrans, informou ao Cidadeverde.com que o ônibus da linha 405 – Planalto Uruguai trafegava no sentindo Leste-Oeste da Avenida Jockey Club e o FOX placa OUC 8464 no sentindo Norte-Sul da Rua Irapuã Rocha. 

“Ainda não foi concluída a perícia, mas uma coisa é certa. Alguém invadiu o semáforo”, disse o policial militar.

O representante da empresa do ônibus envolvido no acidente contou que três passageiras ficaram levemente feridas. O ônibus é da linha opcional e tem apenas motorista, que saiu ileso. 

O condutor não quis falar com a imprensa. Foi realizado testes de alcoolemia no motorista do ônibus, que não constatou embriaguez. Após a realização da perícia, os policiais da CIPtrans irão ao HUT tentar realizar um teste do bafômetro do condutor do FOX. 

Devido a colisão com o poste, equipes da Eletrobras estiveram no local, mas não chegou a faltar energia. 


A Strans interditou um dos trechos da Avenida Jockey Club. No local onde ocorreu o acidente existem diversos estabelecimentos comerciais com sistema de monitoramento de seguranças; essas imagens poderão ajudar a perícia a entender a dinâmica do acidente. 

Susto
Atendente de um restaurante localizado na Avenida Jóquei Clube, Suyane Alves viu o acidente e afirma que o motorista do Fox invadiu o sinal e causou a colisão. 

Ela estava em sua motocicleta, indo para o trabalho, e diz que por questão de tempo também não foi vítima do acidente. 

Suyane também relatou que os passageiros que estavam no ônibus ficaram assustados com o acidente. "Houve muito desespero. Uma mulher de jogou no chão do ônibus, mas os ferimentos foram leves",conta Suyane.

Carlienne Carpaso, Izabella Pimentel e Graciane Souza
redacao@cidadeverde.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Anuncio google