07/12/2017

Caso Camilla Abreu: MP denuncia capitão por feminicídio e outros dois crimes

Capitão da PM está preso em Teresina 

O ainda capitão da Polícia Militar do Piauí, Allisson Wattson da Silva Nascimento, que confessou ter matado a namorada, Camilla Abreu, em outubro deste ano, foi denunciado pelo Ministério Público do Piauí, através do promotor João mendes Benigno Filho, pelos crimes de feminicídio qualificado por motivo fútil, ocultação de cadáver e fraude processual.

A denúncia se dá após a conclusão do o inquérito policial presidido pelo coordenador da Delegacia de Homicídios, Delegado Francisco Costa, o Baretta, que foi entregue no dia 30 de novembro.

Camilla Abreu, de 22 anos, era estudante de direito, e namorava com o policial Allisson Watson há 10 meses, quando no dia 36 de outubro, (26/10) desapareceu após sair com ele. Depois de dias de investigação, a Delegacia de Homicídios descobriu que o militar a matou com um tiro no rosto dentro do seu carro, jogou o corpo em um matagal e tentou limpar os indícios do crime, inclusive com a tentativa de se desfazer do veículo. Preso, ele confessou o crime, e investigações apontam que ela era constantemente agredida e alvo dos ciúmes do homem que a pressionou num relacionamento nocivo.

Camilla Abreu foi encontrada morta em terreno baldio 

Fonte: 180

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Anuncio google