25/11/2017

Policiais suspeitos de atirar em casal se apresentam e são levados para presídio

Conforme a assessoria da PM, os militares estão no presídio há quase uma semana. Família diz que PMs atiraram em casal no início deste mês. 

 
Militares estão no Quartel do Comando Geral da Polícia MIlitar do Piauí (Foto: Gil Oliveira/ G1) 

Os dois militares suspeitos de atirar numa mulher e num homem no dia 3 de novembro se apresentaram à Polícia Militar e foram encaminhados para o presídio da corporação. De acordo com a assessoria de imprensa da PM, os suspeitos se entregaram depois que o juiz Luiz Moura, da Central de Inquéritos, expediu dois mandados de prisão contra eles. 

Ainda conforme a assessoria, os militares estão no presídio há quase uma semana."Eles passaram três dias sem comparecer à Companhia do Promorar, onde estavam lotados, mas já se entregaram e vão responder ao inquérito que foi aberto pela justiça, assim como, vão responder ao procedimento administrativo que também foi aberto na Corregedoria da corporação", comentou. 

Antônio Filho, irmão de Evandro Inácio, uma das vítimas, contou que ele estava no carro com a namorada, a sogra e três cunhados. Eles voltavam de um bar e deixavam duas pessoas em casa, na Vila Irmã Dulce, Zona Sul de Teresina, quando houve os disparos. O irmão foi atingido na perna e a cunhada de Evandro, nas costas. 

As vítimas afirmam que o carro foi atingido por policiais militares. Na época, a assessoria de imprensa da PM informou que um casal recebeu ordem de parada e não obedeceu, houve uma perseguição e logo depois os disparos. A família denunciou o episódio na Corregedoria da Polícia Militar que abriu procedimento para investigar o caso.

Fonte: G1 PI 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Anuncio google