29/11/2017

Mais de 451 mil estudantes fizeram as provas do Enade 2017

Nesta edição, foram avaliados 12.815 cursos, de 2.072 instituições de ensino superior. Participação no exame nacional e o preenchimento do questionário do estudante são obrigatórios para obtenção do diploma

Arquivo/Agência Brasil

Ao todo, 451.517 compareceram às provas do Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) 2017 no último domingo (26). O número equivale a 84% dos 537.388 inscritos. A taxa de abstenção deste ano foi de 16%. 

Nesta edição, o Enade foi aplicado em 1.497 municípios e avaliou 12.815 cursos, de 2.072 instituições de ensino superior. Apenas 29 participantes foram eliminados do exame por descumprimento do edital. A avaliação é obrigatória para estudantes que estão concluindo cursos do ensino superior.

De acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), a participação na prova e o preenchimento do questionário do estudante são obrigatórios para obtenção do diploma.

Resultados
Os gabaritos e cadernos de questões do Enade serão publicados no portal do Inep após o dia 4 de dezembro. O relatório dos estudantes em situação regular será divulgado em 20 de dezembro.

Todo ano, o Ministério da Educação define os cursos que serão avaliados. E a cada três anos, as provas são aplicadas para áreas diversa para acompanhar a evolução.

Em 2017, o Enade foi aplicado para estudantes que estão concluindo o bacharelado nas áreas de arquitetura e urbanismo, engenharia ambiental, engenharia civil, engenharia de alimentos, engenharia de computação, engenharia de controle e automação, engenharia de produção, engenharia elétrica, engenharia florestal, engenharia mecânica, engenharia química, engenharia, sistema de informação; bacharel ou licenciatura nas áreas de ciência da computação, ciências biológicas, ciências sociais, filosofia, física, geografia, história, letras-português, matemática, química.

Estudantes de licenciatura das áreas de artes visuais, educação física, letras-português e espanhol, letras-português e inglês, letras-inglês, música, pedagogia; e tecnólogo nas áreas de análise e desenvolvimento de sistemas, gestão da produção industrial, redes de computadores, gestão da tecnologia da informação também fizeram a avaliação.

Fonte: Ministério da Educação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Anuncio google