08/11/2017

‘É uma dor muito grande’, diz mãe de piauiense que morreu afogado no CE

O velório e o sepultamento do estudante ocorreram nesta terça-feira (7), em Teresina. 

Bruno Eduardo Pereira da Silva, de 20 anos, 
foi vítima de afogamento em Fortaleza 
(Foto: Reprodução / Facebook) 
“É uma dor muito grande, só Deus sabe”, disse Antônia Pereira da Silva ao lamentar a morte do filho, o estudante Bruno Eduardo Pereira da Silva, de 20 anos, que foi vítima de afogamento na Praia do Futuro, em Fortaleza, na última sexta-feira (3). O corpo do jovem foi sepultado na manhã desta terça-feira (7), no cemitério Santa Cruz, localizado no bairro Promorar, Zona Sul de Teresina. 

Bruno Eduardo foi visto pela última vez por amigos antes de entrar no mar. Após o desaparecimento, o Corpo de Bombeiros iniciou as buscas e só localizou o corpo nesta segunda-feira (6), na Barra do Ceará. 

“Tivemos que enterrar logo, porque já tinha passado muito tempo. Eu só queria meu filho, ainda tinha esperança que ele estivesse vivo, agora é só oração para suportar essa dor”, desabafou Antônia. 

O jovem viajou para Fortaleza em uma excursão com 20 pessoas, dentre elas amigos e familiares. “Já era a terceira vez que ele tinha ido, não sei como foi acontecer uma coisa dessas", lamentou Antônia. 

"Ele era um menino muito bom, responsável e trabalhador. Estava cursando o terceiro período de nutrição na Universidade Federal do Piauí. É uma perda muito grande”, lastimou mãe.

Fonte: G1 PI 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Curta