04/11/2017

Brasil inicia exportação de leite e produtos derivados ao Japão

Com assinatura do Certificado Sanitário Internacional (CSI), produtos de regiões livres de febre aftosa serão comercializados

Japão é o sétimo maior consumidor de lácteos do mundo
Arquivo/Agência Brasil
Depois de dois anos de negociação, o País vai passar a exportar leite e derivados ao Japão. A medida só foi possível depois da assinatura do Certificado Sanitário Internacional (CSI). Agora, os produtos de regiões livres de febre aftosa, mesmo sem vacinação, podem ser comercializados no mercado externo.

O Brasil ainda está se lançando no setor de lácteos, por isso, o estabelecimento de parcerias é essencial para o fortalecimento do segmento. "O Japão é um cliente muito importante pelo grande potencial de consumo e pelo grau de exigência que tem, demonstrando a capacidade do Brasil de atender estas exigências”, ponderou o secretário de Relações Internacionais do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Odilson Ribeiro e Silva.

Em nível mundial, o Japão é o sétimo maior consumidor de lácteos, o que representa um vasto mercado para os produtos brasileiros. Apenas do ano passado, o Japão importou US$ 1,2 bilhão nesses produtos.

Fonte: Governo do Brasil, com informações do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Curta