04/10/2017

Parnahyba expõe tranquilidade e condena denúncia em caso envolvendo Garcês

Presidente do Tubarão reitera defesa azulina em escalação de atacante de 17 anos na Copa Piauí e agenda encontro na FFP. Federação deve oferecer denúncia ao TJD-PI

Batista Filho (Foto: Renan Morais)

O regulamento da Copa Piauí virou a melhor amiga de Batista Filho. Munido do documento específico da competição sub-21, o presidente do Parnahyba viajou até Teresina, nesta terça, para discutir pessoalmente com Cesarino Oliveira, presidente da Federação de Futebol do Piauí (FFP), sobre os rumos da denúncia que pode punir o Tubarão com perda de pontos. A entidade organizadora da competição deve denunciar o clube do litoral por conta da suposta escalação irregular do atacante Felipe Garcês no returno. O dirigente azulino condenou a interpretação do documento que possui em mãos. O regulamento determina que podem disputar a Copa Piauí apenas atletas nascidos entre os anos de 1996 a 1999. Garcês nasceu em 2000.

- Nosso entendimento é que estamos completamente corretos. Pelo fato do regulamento ter de 1996 a 1999, não significa dizer que o atleta de 2000 seja proibido de atuar. O atleta de 16 anos pode jogar qualquer competição do mundo. Imagina no nosso Piauí. Ele tem 17 anos e não 22 anos (acima do permitido). Abaixo da idade nós estamos tranquilos, até porque o Artigo 25 diz que o regulamento é emanado de acordo com as normas e leis da CBF e Fifa. Logicamente o atleta de 17 anos pode atuar. Ele não proibido nem em um campeonato profissional, muito menos em um sub-21 – declarou o dirigente.

Batista Filho (Foto: Renan Morais)

Antes mesmo do encontro na sede da FFP, Batista Filho revelou ter entrado em contato por telefone com Cesarino Oliveira e que, na conversa, o presidente da federação informou que a própria entidade vai acionar o Tribunal de Justiça Desportiva (TJD-PI) para julgar a denúncia. Na terceira posição na tabela, logo atrás do Tubarão, o River-PI é parte interessada no pedido.

- A ligação era para saber do recurso do River-PI. Cesarino disse que houve a denúncia e que o River-PI havia feito também. Vamos à federação à tarde para saber se o Tribunal vai acatar para então nos prevenirmos. Temos certeza que estamos corretos e vamos buscar esse título. Estamos convictos que estamos certos – completou Batista.

Felipe Garcês, Parnahyba (Foto: Blog do Jonys)

Caso seja julgado e punido no Tribunal, o Parnahyba pode perder 12 pontos pela escalação de Felipe Garcês. Regularizado no dia 15 de setembro, o atacante atuou em quatro partidas do returno da Copa Piauí: três vitórias e uma derrota. Com isso, o Tubarão despencaria da 2ª para a 5ª e última posição da classificação geral e daria adeus à final do torneio.

Fonte: Globoesporte.com/PHB

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Curta