10/10/2017

OPOSIÇÃO DESCOBRE GOLPE DE W.DIAS

GOVERNADOR MANDOU PARA ALEPI PROJETO DE REFIS QUE ESCONDIA AUMENTO DE IMPOSTOS E USO DE EMPRÉSTIMOS PARA PAGAR SALÁRIOS

Robert Rios apontou que Wellington torrou o dinheiro do Estado com política e agora quer aumentar impostos para 
arrecadar mais (foto: Jailson Soares | PoliticaDinamica.com)

Na sessão de ontem (09), os deputados estaduais de oposição revelaram uma movimentação mais do que suspeita do Governo do Estado. Sua excelência governador Wellington Dias mandou à Alepi um projeto de aumento de impostos “disfarçado” de recuperação fiscal, o REFIS. 

E não é só isso: o texto também autoriza que o governador use dinheiro de empréstimos para pagar salários. O deputado Gustavo Neiva (PSB) foi o primeiro a perceber os aspectos estranhos do processo. Tratou de reunir os demais da oposição. O primeiro impacto seria o aumento do preço da gasolina e da energia elétrica. 

O deputado Robert Rios (PDT) se manifestou questionando as condições em que a mensagem foi recebida pela Casa. O parlamentar se mostrou desconfiado até com a leitura do projeto, que é obrigatória. Rios também apontou as “pegadinhas” do governador Wellington Dias (PT). Em julho deste ano, o governador já havia sancionado uma primeira lei de aumento de impostos que começa a valer em 2018.

Depois de gastar mal o dinheiro do governo, Wellington quer usar os recursos de empréstimos que deveriam ser investimento em infraestrutura para bancar indiretamente comissionados (imagem: Marcos Melo | PoliticaDinamica.com)

A mensagem de número 54 de 2017 traz novos aumentos sobre aqueles que ainda nem haviam sido cobrados. E o mais estranho: um artigo do projeto de lei autoriza o governador Wellington Dias a utilizar recursos de operações de crédito para tapar o rombo nas contas da previdência, mas especificamente nos Fundos de Previdência Social dos Servidores do Estado do Piauí. Segundo Robert, assim, o governador pode "manter gastos irresponsáveis com comissionados e novas estruturas de governo".

Confira no vídeo!



Fonte: PoliticaDinamica.com/Por Marcos Melo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Anuncio google