14/10/2017

Homens encapuzados executam casal dentro de residência no interior do Piauí

Foto: Portal Cidades na Net

Um casal, cujos nomes ainda não foram divulgados pela polícia, foi assassinado a tiros no início da tarde desta sexta-feira (13) no Centro da cidade de Caldeirão Grande do Piauí.

Segundo informações publicadas no portal Cidades na Net, um carro modelo Fiat Uno, de cor prata, parou em frente à residência. Do veículo, desceram três homens armados, usando coletes e encapuzados. Um ficou em frente ao imóvel, enquanto dois entraram na residência e executaram o casal.

A ação foi rápida. A mulher foi assassinada no quarto, e o homem, no banheiro. Populares afirmam ter ouvido uma sequência de tiros. Ainda segundo populares, o bando usava arma de grosso calibre.

“Eles mandaram fechar o bar que fica em frente à casa onde o casal foi morto. Quem passava lá eles mandavam voltar sem olhar para trás. Eles deram tiros para cima para assustar o povo”, disse uma moradora, que não quis se identificar.

O local foi isolado pela Polícia Militar, para o trabalho da perícia.
A mulher assassinada seria do município de Fronteiras, e o homem, de Francisco Santos. As vítimas moram na cidade de Caldeirão Grande há cerca de um ano, são reservados e pouco conhecidos.

Por telefone, o cabo Leonel, comandante do GPM de Caldeirão Grande do Piauí, deu mais detalhes sobre o crime. 

Segundo o militar, há cerca de uma semana, o casal havia sido preso em uma ação realizada pelas Políciais Militares de Caldeirão Grande do Piauí e de Salitre-CE. Com os dois foram encontrados um revólver calibre 38, com várias munições, uma motocicleta produto de furto, e vários outros objetos de origem duvidosa.

“A mesma dupla realizou assaltos na cidade de Jaicós há cerca de um ano, e após isso, veio para essa região. Eram contumazes em realizarem furtos e assaltos. Acreditamos que isso seja uma das razões do duplo homicídio”, disse Leonel.

A Polícia Civil de Simões, área responsável pelas investigações, já foi comunicada sobre o crime. A Polícia Militar de Caldeirão e de Marcolândia realizou diligências, mas até o momento, ninguém foi preso.

Fonte: Cidades na Net/Via 180

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Curta