17/10/2017

Homem que matou mãe e filha a marretadas é encontrado morto em cela

Policiais encontraram o acusado com sinais de enforcamento

O acusado foi preso momentos após o crime (Crédito: Reprodução)

Foi encontrado morto em uma cela o homem acusado de assassinar duas mulheres a marretadas no último dia 9 de outubro na cidade de Codó, no Maranhão. O preso foi encontrado com sinais de enforcamento, na tarde do último domingo (15). 

A Polícia Civil descartou a possibilidade de acusado o ter sido morto por outros detentos, tendo em vista que ele estava sozinho na cela. 

Inicialmente, o homem havia sido identificado como Antônio Bezerra de Jesus, tinha 53 anos de idade, mas durante a investigação a polícia descobriu que o verdadeiro nome do acusado era Elinaldo Pereira Gomes. Ele, Inclusive, já havia sido condenado a 20 anos de prisão por ter estuprado e assassinado uma criança no estado do Pará. 

O Crime
Na manhã do dia 9 de outubro, mãe e filha foram assassinadas a marretadas pelo acusado após uma discussão sobre uma suposta fraude em um empréstimo que uma das mulheres havia cometido contra o acusado. Quando a polícia chegou ao local do crime, o homem estava fazendo covas que seriam utilizadas para ocultar os cadáveres. 

Fonte: Blog do Acélio/Via MN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Curta