04/10/2017

Ex-Vereador Gustavo Lima esclarece afirmações equivocadas repassadas à imprensa



O ex-vereador Gustavo Lima foi presidente da Câmara de Parnaíba por três mandados, em 2011, 2015 e 2016, assumindo a gestão da câmara em 2015 logo após os três mandados seguidos da vereadora Neta Castelo Branco (2012-2013-2014). Neta declarou publicamente que deixou em caixa os recursos garantidos para a execução da obra do elevador da sede do Legislativo.

"Esclarecemos que ao assumirmos a gestão da Câmara Municipal no ano de 2015 o saldo deixado pela gestão anterior, conforme o extrato bancário é de R$ 10.213,17, este era destinado somente para manutenção do legislativo, pagamento de fornecedores com vencimento nos primeiros dias do mês, bem como pagamento de água e luz", afirma Gustavo Lima. O ex-vereador esclarece ainda que o montante maior, valor que deveria ser aplicado para compra do elevador, foi devolvido para prefeitura de Parnaíba pela própria vereadora Neta, porque o dinheiro não havia sido usado pelo Legislativo.



"Além disso, legalmente, um presidente só pode deixar recurso destinado à uma obra para a gestão seguinte, quando a mesma já está licitada, há contrato assinado com a empresa vencedora, no qual o valor já estaria empenhado para que o próximo presidente dê continuidade. E o mesmo não ocorreu por parte da gestão anterior".



Assessoria - Gustavo Lima

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Anuncio google