26/09/2017

UESPI e SEJUS divulgam resultado da última etapa do concurso para agentes penitenciários

Pronunciamento da governadora em exercício, Margarete Coelho

O resultado da última etapa do concurso para agentes penitenciários do estado do Piauí foi divulgado na manhã desta terça (26), em evento realizado no Palácio de Karnak. O concurso é destinado à formação de cadastro de reserva e classificou 316 candidatos, que agora ficam à disposição do Governo do Estado para serem nomeados de acordo com as necessidades da Secretaria de Justiça.

A governadora em exercício, Margarete Coelho, destacou a dedicação dos candidatos e também lembrou do papel da UESPI na realização do certame: “Esses candidatos aprovados serão formados durante o ano de 2018 a fim de ocuparem cargos de extrema importância para o nosso estado, como é o cargo de agente penitenciário. Agradeço ao professor Nouga e toda a sua equipe do NUCEPE, que realizaram este certame com toda a lisura e transparência necessárias, dando condições para que todos competissem em pé de igualdade”.

Foram mais de 7 mil inscritos, e ao final foram divulgados 316 nomes classificados aptos para exercer a função, após o curso de formação. “É com muita alegria e satisfação que o NUCEPE conclui mais um concurso para o qual foi contratado, concurso que transcorreu dentro do que estava estabelecido no edital e estamos entregando hoje os nomes dos candidatos. Tivemos uma etapa anulada, mas logo em seguida reaplicada e aí então tudo seguiu normalmente. Agradeço ao governo do estado por mais uma vez ter delegado essa missão à UESPI”, lembrou o reitor Nouga Cardoso Batista.

Reitor Nouga Cardoso Batista durante pronunciamento

Assim como ele, o Secretário de Justiça, Daniel Oliveira, também fez agradecimentos ao governo, que de acordo com ele tem contribuído para uma modernização do sistema prisional piauiense: “Quero registrar e dizer da emoção de estarmos nesse momento, de estarmos felizmente dando mais um passo na modernização do sistema penitenciário do Piauí, e esse passo foi e está sendo dado graças ao esforço e sensibilidade do governador Wellington Dias, não só nessa demanda, mas em todas as outras que envolvem a SEJUS, e parabenizo os candidatos pelo esforço, pela dedicação e dizer do total interesse do governo do estado em tê-los posteriormente sendo nomeados”

Secretário Daniel Oliveira

As próximas etapas do concurso serão a homologação, prevista para outubro, e em seguida haverá um trabalho por parte da SEJUS de regulamentar o curso de formação. “Esse é o objetivo e a meta principal em 2017, até dezembro regulamentar o curso, selecionar os professores, e em 2018, de acordo com nossa previsão, fazer o chamamento dos primeiros para esse curso”, acrescentou Daniel Oliveira.

Nouga Cardoso, Pedro Soares e Margarete Coelho

A realização do concurso também serviu para tornar a UESPI mais preparada na organização de novos certames, o que, de acordo com o presidente do NUCEPE, Pedro Soares, torna a instituição mais forte: “Nós tivemos a reaplicação da primeira etapa, mas tomamos os devidos cuidados e o certame transcorreu sem maiores transtornos. À época foi incluída uma prova de redação, que nos trouxe resultados bastante positivos no sentido de inibir situações de fraude. Várias medidas internas também foram tomadas para evitar ações como vazamento de gabarito ou de grupos criminosos, e a UESPI sai fortalecida, com todas as etapas concluídas com sucesso”, finalizou.


Assessoria de Comunicação - UESPI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Curta