12/09/2017

Gestores municipais já podem responder Censo do Suas 2017

Questionário permite a avaliação da prestação de serviços a quem é atendido pela assistência social

Prazo final vai até 1º de dezembro. Arquivo/Agência Brasil
Os questionários do Censo do Sistema Único de Assistência Social (Suas) 2017 já podem ser preenchidos por gestores, coordenadores e conselheiros municipais e estaduais. O Suas reúne dados quanto à prestação de serviços e o perfil dos trabalhadores da assistência social em todo o País. O prazo final para inscrição de dados vai até 1º de dezembro.

De acordo com o coordenador-geral da Vigilância Socioassistencial do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), Marcos Antunes, o Censo Suas é uma importante ferramenta para coleta de dados e para a eficiência do sistema.

“As informações servem para o planejamento de gestão e para tomadas de decisões estratégicas sobre como atendemos os usuários e em quais pontos e unidades será necessário, por exemplo, aplicar mais esforços”, explicou.

Neste ano, o formulário também vai registrar informações das Unidades de Acolhimento, responsáveis pelo Família Acolhedora – programa do governo federal que atende crianças e adolescentes. As famílias interessadas em participar e receber os jovens também precisam ser registradas no Cadastro Nacional do Suas (CadSuas). 


Gestores e coordenadores devem ficar atentos, uma vez que o período de envio dos formulários das Unidades de Acolhimento e Acolhimento Familiar é de 9 de outubro a 1º de dezembro.

O prazo final para o preenchimento do Censo Suas 2017 é dia 1º de dezembro, conforme o calendário. O período de envio é escalonado, de acordo com a unidade de serviço. As primeiras unidades são os Centros de Referência de Assistência Social (Cras) e os Centros de Convivência, de 11 de setembro a 10 de novembro. 

Fonte: Portal Brasil, com informações do Ministério do Desenvolvimento Social

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Curta