11/09/2017

Game Desafie-me prepara alunos para o Enem

Jogo conta com milhares de questões do exame para desafiar jogadores em competições

Cover art

Estudar para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) pode ser cansativo e, em muitos casos, uma atividade que distancia os estudantes de seus amigos e parentes. Mas, agora, os vestibulandos podem contar com uma novidade que promete ajudar no aprendizado com doses de desafio e conhecimento: o game gratuito para smartphones e tablets Desafie-me.

O aplicativo - já disponível para download em aparelhos com sistema operacional Android e também no iOS - conta com questões dos últimos nove exames do Enem para que os alunos se preparem para as provas da melhor maneira possível. No app, é possível escolher desafios nas áreas de conhecimento abordadas no Enem: Biologia, Matemática, Português, História, Geografia, Física, Química, Inglês e Espanhol. São milhares de questões diferentes - mas cada desafio compreende cinco perguntas, que devem ser respondidas em até 15 minutos.

O conceito do app foi concebido pelo grupo Ser Educacional, mantenedora da UNINASSAU - Centro Universitário Maurício de Nassau e Faculdades UNINASSAU, para promover aprendizado e desafio com facilidade e praticidade, seguindo o conceito de gamificação - que é o uso de mecânicas de games em outros contextos, como na área da educação. “O jogo dentro do processo de ensino-aprendizagem estimula não só a motivação e o interesse do aluno, como também a criatividade na resolução de problemas”, comenta a diretora acadêmica do grupo Ser Educacional, Simone Bérgamo.

No Desafie-me, o aluno aprende também de maneira competitiva, com quatro tipos diferentes de rankings para classificar o usuário em relação aos outros jogadores. É possível desafiar amigos do Facebook, colegas da mesma escola ou ainda adversários aleatórios. “Se formos pensar sobre a questão da competição, acreditamos que ela se torna salutar à medida que fortalece no estudante a ‘vontade de buscar’. Ou seja, tirar o aluno da passividade e torná-lo agente ativo na aprendizagem”, aponta a diretora.

Apesar da ideia de levar o estudante a sentir a competição com outros jogadores, o game também possui um modo exclusivamente para treinamento. Nele, o aluno pode se desafiar a responder as questões para testar seus conhecimentos e se preparar não apenas para as sessões competitivas do jogo, mas especialmente para as provas do Enem.

Assessoria de Comunicação Por: Peterson Mayrinck

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Curta