21/09/2017

Decreto oficializa Carnaúba como árvore símbolo do Piauí

Autoridades estiveram presentes em solenidade de assinatura do decreto

O Reitor da Universidade Estadual do Piauí, Nouga Cardoso, o Governador do Estado, Wellington Dias e o Secretário de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Ziza Carvalho, oficializaram na manhã desta quinta (21), na Praça Cultural Francisco das Chagas de Araújo Costa Júnior, sob a Ponte JK, na Avenida Marechal Castelo Branco, em Teresina, a Carnaúba (Copernicia Prunifera) como árvore símbolo do estado do Piauí. A solenidade de assinatura de decreto e descerramento de placa foi realizada hoje, em virtude do dia 21 de setembro ser conhecido como o Dia Nacional da Árvore.

A utilização da matéria-prima dessa árvore destaca-se em diversos usos. “Temos uma das maiores reservas de Carnaúba do planeta, ela representa a beleza e seu fator o econômico é terceiro produto na balança econômica do estado. A produção do pó (emulsão) feita pela cera da Carnaúba, protege alimentos, reveste produtos. Fico feliz por marcar esse momento aqui,” disse o Governador do Estado, Wellington Dias em discurso.

O Governador, Wellington Dias, plantou uma muda de Carnaúba como ato simbólico no local

“Assim como o Hino, ter uma árvore como símbolo é muito importante para o Estado. Segundo os piauienses, a escolha dessa árvore, foi um gesto democrático. Tão importante quanto você ter uma árvore símbolo para o Piauí, é a partir de agora termos política para preservar e povoar regiões do estado, além de continuar a pesquisar e desenvolver a flora da Carnaúba, que pode rende muito com o seu potencial econômico”, enfatizou o Reitor da UESPI, Nouga Cardoso.

Reitor Nouga junta à Vice-governadora do Estado, Margarete Coelho, no descerramento da placa

O ato simbólico, instituído com o descerramento da placa, faz parte da recente consulta pública, referente à ação conjunta entre pesquisadores da UESPI e da SEMAR. A carnaúba obteve 49,1% da preferência dos piauienses.

O Pró-reitor de Extensão, Assuntos Estudantis e Comunitários da UESPI, Prof. Dr. Raimundo Dutra, comentou o processo de escolha da árvore. “Não temos a menor dúvida, juntando todos os relatórios técnicos elaborados pela Comissão Multidisciplinar que conduziu esse processo às quantidades de votos, o resultado expressa o sentimento da população piauiense de norte a sul com a Carnaúba”.


Comissão técnica com pesquisadores de botânica da UESPI e SEMAR fizeram parte do processo de escolha 
da árvore

Uma das responsáveis pela elaboração da escolha da árvore símbolo, Prof. Dra Roselis Machado, do departamento de Ciências Biológicas da UESPI, explicou sobre a difícil escolha das espécies. “Trabalhamos na pesquisa em parceria, a equipe fez através de uma revisão bibliográfica das espécies de árvores mais significativas para o nosso estado e que são bem distribuídas ao longo do território”.

A pesquisadora também aponta o diagnóstico por amostragem do resultado: “fizemos um enxugamento de dez espécies até chegarmos nas quatro finalistas. O número da consulta pública deu essa margem de voto significativa para a Carnaúba, assim alcançamos nosso objetivo”, finaliza.

Assessoria de Comunicação - UESPI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Curta