20/09/2017

Carnaúba será eleita árvore símbolo do Piauí amanhã (21)


A carnaúba foi eleita a árvore símbolo do estado do Piauí. A consulta pública foi proposta pela Secretaria de Meio Ambiente (SEMAR), em parceria com a UESPI, e contou com quase treze mil participações. Quatro árvores estavam na disputa: Carnaúba, Ypê Amarelo, Jatobá e Bacuri. A Carnaúba foi escolhida com 49,1% dos votos, enquanto o Ipê Amarelo ficou com 37,4%, o Bacuri com 10,4% e o Jatobá com 3,1%. A Carnaúba será decretada amanhã (21), às 7h30, dia nacional da árvore, como árvore símbolo do estado pelo Governador Wellington Dias, na praça cultural Francisco das Chagas de Araújo Costa Júnior, localizada debaixo da Ponte Juscelino Kubitscheck. 

O pró-reitor da PREX/UESPI, Raimundo Dutra, destaca que as 4 árvores tinham potencial pra representar o estado. “As quatro tinham justificativa dentro dos critérios estabelecidos pela comissão técnica, como identificação cultural, ocorrência no território e influência na economia. Essa consulta foi realizada para tornar o processo mais participativo, de forma que o povo do Piauí pudesse dizer o que pensa sobre isso, e o que vimos foi uma mobilização muito grande, com quase 13 mil votos”, analisa.

“A carnaúba, que foi a árvore eleita, será oficialmente a partir do dia 21 de setembro a árvore símbolo do estado, ela ocorre em todo o território piauiense, e é uma árvore que tem influência bastante significativa na economia do povo do Piauí, a população se identifica com ela, e dela tudo se extrai, da raiz ao olho. Existem inúmeras famílias no estado que tem seu sustento com base no extrativismo da carnaúba, e com certeza vai simbolizar muito bem o nosso estado”, acrescenta Dutra.

A presidente da comissão responsável por estabelecer os critérios, Profª Drª Roselis Machado, da UESPI, também comentou a respeito da árvore escolhida, ressaltando que além do valor para a economia familiar, a planta também é usada em larga escala na indústria do estado. “A carnaúba tem um valor enorme pro nosso estado, não só histórico, já que acompanha o desenvolvimento do território piauiense desde a época que o estado começou a surgir, como também valor econômico, tanto para a economia familiar como para associações, que comercializam produtos derivados da árvore, como também para a indústria, já que a carnaúba tem sido muito utilizada para produção de grandes quantidades de seus derivados e tem alavancado muito a economia do nosso estado”, finaliza Roselis. A planta também tem grande potencial paisagístico e é usada na arborização de várias cidades no Piauí.

Sobre a Carnaúba
A Carnaúba (Copernicia prunifera) é nativa do Brasil e está mais presente nas regiões Norte, principalmente em Tocantins, Centro-Oeste, em Mato-Grosso, e em todos os estados do Nordeste. Ela é uma planta perene, heliófila com um tronco simples, ereto, com numerosas folhas no seu topo. Suas folhas são em forma de leque, palmadas, cor cinza-esverdeada e cerosa na face inferior.

A planta é usada na arborização e paisagismo e em construções. Ela também é uma das principais plantas responsáveis pelo fornecimento de cera. No Nordeste, principalmente no Piauí, a Carnaúba é usada na arborização urbana e no paisagismo de praças e jardins. Suas folhas são usadas na cobertura de casas e barracas de praia, a cera também é extraída das folhas. Enquanto que a madeira é usada nas construções rurais.

Ascom/Edição: Portal PHB em Nota

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Curta