24/08/2017

'Sempre acreditei no meu potencial, mesmo o mundo dizendo o contrário', diz Miss Brasil

Com luta pelo empoderamento feminino, Monalysa falou ao G1 sobre família, preparação para o Miss Universo e preconceito. 


Monalysa Alcântara, candidata do Piauí, eleita Miss Brasil 2017 (Foto: Cristina Novinsky/Futura Press/Estadão Conteúdo) 

Com 18 anos, a piauiense Monalysa Alcântara há quase uma semana está envolvida em uma rotina corrida de eventos e entrevistas. Desde que foi escolhida Miss Brasil 2017, Monalysa tem recebido muito carinho e também demonstrado força diante de comentários racistas em redes sociais. Em entrevista por e-mail ao G1 a miss falou dos obstáculos e também do seu desejo de representar bem o país na disputa do Miss Universo. 

Negra e defensora do empoderamento feminino, Monalysa Alcântara lembra que sempre teve de enfrentar desafios. “Eu sempre acreditei no meu potencial, mesmo muitas vezes o mundo dizendo o contrário”, disse Monalysa. Para a miss é possível superar todos as dificuldades quando há autoconhecimento. 

“Quando nós sabemos quem somos de verdade, os obstáculos são mais fáceis de serem superados”, disse a jovem que teve de lidar com comentários racistas desde que foi escolhida Miss Brasil.

Em participação no programa Encontro com Fátima Bernardes na última quarta-feira (23), a Miss Brasil disse que já esperava por ataques após ser escolhida. “Imaginava que ia acontecer. Sou preparada para isso, já passei por diversas vezes. As pessoas sempre duvidavam de mim, já estava acostumada”, disse a miss acrescentando que os ataques às vezes machucam. 

 
A candidata do estado do Piauí, Monalysa Alcântara, é a Miss Brasil 2017 (Foto: Reprodução / BE Emotion / Facebook) 

A respeito de como o empoderamento feminino será parte do discurso enquanto for Miss Brasil e de sua participação no Miss Universo, Monalysa Alcântara garante que o tema vai estar sempre presente em sua atuação. “Eu vou lutar, vou me preparar e vou representar muito bem meu país, estou disposta e determinada e irei transmitir essa energia como fiz no Miss Brasil”, declarou ao G1. 

Monalysa Alcântara enfatizou ainda que pretende destacar as belezas do Nordeste e em especial do Piauí nas ações e projetos que participar como Miss Brasil. “O Nordeste é um lugar lindo! O Piauí, em especial, é um lugar com uma história linda! Temos a Serra da Capivara, que é um grande patrimônio, além de diversas cidades com importância muito grande para a história do Brasil”, disse a miss que quer aproveitar o reinado para ressaltar toda a beleza do Piauí. 

"As referências de grandes mulheres negras só crescem"

Para a miss de 1,77 m, 57 kg, cintura 69 cm, quadril 95 cm e busto 87 cm há um momento de crescimento das referências de mulheres negras. Mona, como é conhecida, afirmou que carrega consigo a referência da avó, Maria de José Cardoso, 86 anos.

 
Avó de Monalysa Alcântara é uma das mais orgulhosas pela vitória da neta (Foto: Gilcilene Araújo/G1) 

“Minha maior inspiração sempre foi a minha avó. Uma negra linda, empoderada e de um coração gigante. As referências de grandes mulheres negras só crescem e eu me sinto orgulhosa por, hoje, também contribuir e ser inspiração para muitas meninas”, ressaltou Monalysa. A Miss Brasil lembrou que com a maturidade veio o reconhecimento como mulher negra, impulsionado principalmente pela força da família em enfrentar as dificuldades. 

Monalysa Alcântara comentou que a avó é o orgulho dela, pela capacidade de sempre resolver todos os problemas. “Minha família é minha base e é também muito importante para mim. Enquanto minha mãe trabalhava fora, fomos cuidados pela minha avó e minha tia, elas foram extremamente importantes na minha educação também”, afirmou a Miss Brasil lembrando da mãe, Elda, e do pai, Rogério, falecido quando tinha apenas cinco anos de idade. A miss tem um irmão e uma irmã. 

Para ela, a família é o seu grande patrimônio. Destacando a luta da avó, Maria de José Cardoso, Monalysa Alcântara, reforçou que pretende levar a lembrança dos familiares para todos os lugares em que passar. “Através de muita luta ela conseguiu criar seus filhos e netos. Família é tudo e a gente sempre corre para ela, que é nosso grande patrimônio e orgulho! Onde eu vou for, vou levá-los sempre comigo!”, finalizou a miss.

Fonte: G1 PI 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Curta