04/07/2017

Bens do tráfico apreendidos no Piauí viram sucata por falta de leilão no PI


Dezenas de veículos e outros bens estão virando sucata em Teresina (PI) por falta de leilão. São itens apreendidos em operações contra o tráfico de drogas e que só podem ser leiloados com a presença de um representante do Ministério da Justiça.

Em entrevista no Jornal do Piauí desta segunda-feira (3), o juiz da 7ª Vara Criminal, Almir Tajra, informou já ter comunicado a Secretaria Nacional de Políticas Sobre Drogas (Senad) sobre os bens apreendidos. Contudo, em nove anos, apenas por duas vezes um representante do órgão do Ministério da Justiça veio ao Piauí para a realização do leilão. 

Os bens são apreendidos na prisão de suspeitos de tráfico. Os leilões nas comarcas serviriam para arrecadar recursos a serem destinados para a compra de armas, munições e outros itens que ajudem no trabalho dos órgãos de segurança. Só em 2017, a 7ª Vara Criminaç já proferiu 200 sentenças condenatórias, o que ajuda a aumentar ainda mais o estoque nos depósitos.

"Estes bens estão se acabando e na sua maioria, infelizmente, se danificando com o tempo, ação do sol e da chuva", lamentou o juiz. "É uma pena, muito embora alguns desses bens sejam colocados a disposição de entidades que trabalham na reinserção social de dependentes químicos".

Com informações da TV Cidade Verde
redacao@cidadeverde.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Curta