02/06/2017

Vítimas de assalto não conseguiram registro no Sistema de Segurança

Imagem ilustrativa

Algumas pessoas vítimas de furto e o roubo de motos não estão conseguindo que seus veículos constem no Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública (SINESP). O senhor José dos Santos Almeida Filho, mototaxista, disse que às 13h10 de sábado (08/04/14) foi assaltado e teve sua moto tomada no Bairro Reis Veloso. Então registrou um Boletim de Ocorrência (BO) e solicitou que fosse colocada a placa da moto no Sistema de Informações de Segurança, mas até hoje (02/06) nunca constou e está sem esperança de recuperação. 




Já o senhor Francisco Joel da Silva Araújo, mototaxista, informou a autoridade policial que foi vítima de assalto na última sexta-feira (26/05) e teve sua motocicleta levada pelo passageiro e no Bairro Frei Higino apontou um revólver para o seu rosto. Em seguida foi para o Complexo de Polícia Civil em Parnaíba e registrou um Boletim de Ocorrência e foi informado que a placa da moto ia constar restrições de roubo no sistema. Mas até então, isso não aconteceu. 



José Filho disse que foi ontem (01/06) à Central da Polícia Civil e encontrou três pessoas com a mesma situação. José Filho disse que nestas condições não há como descobrir o paradeiro de sua motocicleta. Diante disso, apresentou sua insatisfação na Central de Polícia e descobriu que se trata de falha humana e que ainda não resolvido. 

Fonte: Portal CN/Por Daniel Santos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Anuncio google