22/06/2017

Templo de Umbanda é depredado e mãe de santo denuncia intolerância


O templo religioso de Umbanda Nossa Senhora do Monte Serrat foi depredado na Zona Sudeste de Teresina e os responsáveis pelo local denunciaram, pois o local já foi alvo de vandalismo outras vezes. Várias imagens e objetos foram quebradas no local, mas nada foi levado. A suspeita é que o crime tenha sido motivado por intolerância religiosa.

O caso foi denunciado no 8º Distrito de Polícia e passa por investigação. Segundo a mãe de santo Esther de Iansã, em entrevista ao Notícia da Manhã, da TV Cidade Verde, o local teve objetos dos rituais destruídos.

Ela lamentou o ocorrido e acredita que o crime foi realizado por pessoas que não aceitam a religião da Umbanda. “Estamos tentando mostrar que somos pessoas do bem, cultuamos nossa cultura e respeitamos a dos outros”, diz.

"Acredito que se você não gosta da nossa religião, tem que respeitar a religião de cada um", concluiu.

Fonte: 180

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Curta