11/06/2017

Operação apreende paredões de som e fecha casa de show durante festa no Piauí


Uma operação da Polícia Civil de Esperantina fechou uma casa de shows irregular e prendeu três paredões em um galpão no Centro da Cidade. A ação ocorreu na noite do último sábado (10) e envolveu também a Polícia Militar e o Conselho Tutelar da região. Movidos por denúncias de perturbação da comunidade e presença de menores nos eventos a Polícia desencadeou a operação que resultou em pelo menos quatro conduções à delegacia. 

"Essa casa começou a funcionar há uns dois meses e desde o início nós recebemos várias denúncias de moradores reclamando do barulho excessivo do local. Por conta disso nós realizamos essa fiscalização e efetivamente foi constatada a presença de menores desacompanhados de responsáveis em um ambiente inadequado, além do som dos paredões acima do permitido", explica o delegado Leonardo Alexandre Martins, titular do município. 

Todos os adolescentes foram identificados mas só foram liberados após o comparecimento de um responsável maior de idade. "Como a festa estava apenas começando não conseguimos flagrar o consumo de bebida alcoólica pelos menores mas provavelmente alguns podem ter ingerido", completa o delegado. 

Entre as irregularidades do local foi detectado o funcionamento de paredões de som em desacordo com as normas que regulam a matéria. No município há uma resolução do Ministério Público que determina a fiscalização dos órgãos e a apreensão dos veículos em condições irregulares. 

Três proprietários de paredão e o responsável pelo local foram conduzidos para a delegacia ainda na noite de ontem e liberados após registro de um Termo Circunstancial de Ocorrência. "É uma contravenção penal então não cabe a prisão em flagrante. Sobre o local, é um galpão improvisado que funcionava como casa de show e não tinha as mínimas condições de funcionamento por isso foi fechado. O responsável pelo local alugou o galpão para promover a festa e o proprietário do loca, que era alugado, será intimado para depor em outro momento", finalizou o delegado. 

Rayldo Pereira
rayldopereira@cidadeverde.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Curta