29/06/2017

Moradores do litoral do PI passam 37 horas sem água; empresa diz que foi parada planejada

Suspensão começou na manhã de terça-feira (28) e só terminou no começo da noite de quarta (29). 

 
Apenas regiões mais baixas de Parnaíba se mantiveram com abastecimento de água. (Foto: Divulgação) 

Moradores de Parnaíba, cidade do Litoral do Piauí, passaram 37 horas sem água, devido uma interligação de adutora realizada pela Agespisa. A previsão inicial era que a população ficasse sem água por 24 horas. A reclamação era principalmente pela demora da empresa em concluir o serviço, deixando a maior parte da cidade sem abastecimento. A Agespisa limitou-se a informar que estava realizando obras na cidade. 

A professora Lourdes Rocha conta que foi difícil o período sem água na cidade porque não conseguiu acumular água antes que a Agespisa cortasse o abastecimento para as obras. "Foi péssimo. Em dias anteriores a água já não estava muito forte para poder subir a caixa, com isso tive de tomar banho da casa do meu irmão nesse período", relatou a professora acrescentando que teve outras dificuldades por causa da falta de água por 37 horas. 

Lourdes Rocha, que mora perto do centro de Parnaíba, conta que a água faltou às 5 da manhã de terça-feira (27) e que a previsão inicial era de passar 24 horas sem água. "Nosso medo era que fosse para 47 horas", pontuou. A professora conta que a cidade praticamente toda ficou sem água. A exceção ficou para bairros mais baixos da cidade. O registro do retorno do abastecimento aconteceu apenas próximo das 19h, mas ainda de modo intermitente. 

Procurada a Agespisa informou que foi uma parada planejada para serviço na adutora. No aviso do corte no abastecimento a empresa informou que a suspensão era para uma interligação no sistema de bombeamento de água bruta para dar continuidade às obras da Adutora do Litoral.

Fonte: G1 PI 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Nossa matérias em seu E_mail

Digite seu endereço de e-mail:

Entregue por PHBemNota

Curta